Kelly Key retorna aos palcos nos 10 anos da Festa Chá da Alice!


Créditos: Lucio Luna


Depois de fazer a nave da Xuxa pousar novamente em nossos corações e juntar as cinco integrantes da maior girl band do Brasil: Rouge; O Chá da Alice vai comemorar em São Paulo os seus 10 anos, trazendo de volta para os palcos outro fenômeno, a cantora Kelly Key.

Dona de Hits que até hoje sacodem as pistas do país, Kelly Key retornará aos palcos com um mega show dirigido por Pablo Falcão, criador da festa e
diretor dos shows: “Show das Poderosas(Anitta), “A danada sou eu(Ludmilla), “Nego Resolve” (Nego do Borel), “15 anos” (Rouge), “Xuxa Xou” (Xuxa). Com uma cenografia arrojada, figurinos de estilistas renomados, efeitos especiais e um balé sob o comando de Rômulo Morada (Rouge), o show “Aumenta o Som” promete ser o retorno triunfal da percursora da música pop.

Kelly Key que foi a primeira artista pop brasileira a trazer em sua música o empoderamento feminino, traz além de seus famosos hits músicas novas do seu mais novo trabalho em parceria com a Warner Music. O Fênomeno está de volta!

Vem aqui, que agora o Chá esta mandando! Pode babar baby.

Créditos: Lucio Luna

O Chá da Alice foi criado acidentalmente por dois atores em 2009 quando foram comemorar seus aniversários em uma festa temática. A localização também era privilegiada no extinto e conceituado Mistura Fina, na Lagoa.
Na ocasião, visto o sucesso e burburinho gerado pela festa, o produtor da casa convidou-os a repetir a dose por três sábados consecutivos. Daí por diante o evento vem conquistando não só a cidade maravilhosa como o Brasil inteiro com sua irreverência e atmosfera lúdica.

A magia começa desde a entrada do público, que é recebido pelos personagens principais da história: O Gato Risonho que desliza fazendo acrobacias aéreas em um tecido, o Coelho que faz saltos enormes com sua perna mecânica, a Rainha de Copas que comanda a fila com um dos seus soldados em uma perna de pau, o Chapeleiro Maluco com seu bule e a própria Alice.

A festa, que permanece com a mesma essência do início, já seduziu diversas cidades além do Rio, como Recife, São Paulo, Belo Horizonte, Brasília e Curitiba e tem um público fiel, jovem e diversificado, conhecida pela junção de todas as tribos.

Serviço: Chá da Alice 10 Anos com Kelly Key
Audio – Av. Francisco Matarazzo, 694 – Barra Funda – São Paulo – SP
Quinta, 14 de novembro às 23h.
Valor: à partir de R$30,00
Classificação: 18 anos

Gloria Groove comanda a festa de 10 anos do “Chá da Alice”


Créditos: Rodrigo Bueno


Gloria Groove, é sua vez de brilhar! É assim que a grande festa pop do Brasil, que acontece no Rio de Janeiro neste fim de semana, anuncia a atração principal para comemorar os 10 anos de Chá da Alice. No sábado (17), a artista sobre ao palco do Vivo Rio para se apresentar no festival intitulado “Chá da Gloria Groove”. Quer mais? Com cenário exclusivo, ballet e efeitos especiais, o show conta com a participação especial de Preta Gil. Como diz a música, “Que coisa Boa”! Pensa no encontro entre as duas divas!

O Chá da Alice é conhecido nacionalmente por já ter levado grandes artistas: Ivete, Xuxa, Anitta, Claudia Leitte, Daniela Mercury, Ludmilla, Pabllo Vittar, Preta Gil, Rouge, entre outros e , agora, a gloriosa Gloria Groove.

Créditos: Divulgação

Com a carreira gerenciada pela SB Music, Gloria Groove é uma das cantoras mais ouvidas da atualidade, sendo a drag queen brasileira com maior número de execuções no Spotify, puxados por hits como “Bumbum de Ouro”, que a tornou nacionalmente conhecida, “Arrasta” (com participação de Leo Santana), “Coisa Boa”, que a colocou como a única drag no Top 40 da plataforma de streaming, e a atual “Yoyo”, com participação da cantora Iza.

Serviço
Chá da Gloria Groove
Onde: Vivo Rio
Quando: 17 de agosto

Horário: a partir das 23 hs
Ingressos: http://vivorio.com.br/eventos/cha-da-gloria-groove/

“Exquenta” Bloco do Chá da Alice com Aline Wirley no RJ


Créditos: Divulgação


A maior festa pop do Brasil, traz o seu bloco que se tornou gigante em São Paulo arrastando mais de um milhão de pessoas, para o Rio de Janeiro!

Antes de sair na praia da Barra durante o carnaval, a festa realizará uma prévia deste agito neste sábado (9), na Mansão Botafogo, comandado pela cantora Aline Wirley que segue carreira solo, após o término do projeto especial com o grupo Rouge.

Créditos: Fernanda Garcia / Divulgação

Você vai poder sentir toda essa energia com Aline Wirley, além dos DJs, personagens, decoração especial e todo universo lúdico que conquistou o Brasil e os Estados Unidos.

“Eu amo o carnaval e sempre que consigo gosto de ir assistir aos desfiles. Fiquei muito feliz com o convite da festa chá da Alice para puxar seu bloco no Rio e em São Paulo! Vamos cantar músicas da Ivete Sangalo, da Daniela Mercury, Anitta, Pablo, e muito mais! Quero sair do chão com a galera! Estou animadíssima!!!” Afirma Aline.

Agitando nossa PISTA:

  • Babi Deejay
  • Gui Serrano
  • Giordanna Forte

Serviço:
Ensaio oficial  Bloco Chá da Alice com Aline Wirley
Data: 9 de Fevereiro (sábado)
Ingressos: https://www.bilheteriadigital.com/exquenta-bloco-do-cha-da-alice-09-de-fevereiro
Endereço: Av. Venceslau Brás, 72 – Botafogo, Rio de Janeiro – RJ, 22290-140
Telefone: (21) 98070-5434Classificação: 18 anos
Horário: 23h

Ensaio de carnaval Bloco do Chá Rouge agita foliões no Memorial




Por Rodrigo Bueno

No próximo dia 20 de janeiro, sábado, a Praça Cívica do Memorial da América Latina será contagiada pelo ritmo “Ragatanga” literalmente.

Foto: Divulgação

Vem aí o ensaio do “Bloco do Chá Rouge”, evento que será o primeiro “esquenta” do carnaval de rua de São Paulo e que conta a participação da Girl Band na formação original, além de convidados e DJs em trio elétrico pela primeira vez.

O bloco sai oficialmente às ruas de São Paulo duas semanas depois: no dia 3 de fevereiro, na Avenida Faria Lima. A venda dos ingressos, que são limitados, pode ser feita pelo site www.eventbrite.com.br, pelo valor único de R$ 40,00 no primeiro lote.

Inicialmente, os convites poderão ser comprados apenas pela internet. Confirme já sua presença no evento do Facebook.

O ensaio terá início às 14h na Praça Cívica do Memorial. Ao longo do dia, convidados, Djs e, claro, as garotas do Rouge comandam a folia em cima do trio até as 22h. Além do show do ensaio do bloco, o evento terá infraestrutura completa, inclusive com feira gastronômica para conforto do público.

Rouge anunciou o retorno em outubro do ano passado com formação original por: Aline Arley, Fantine Thó, Karin Hils, Li Martins e Lu Andrade. A girl band brasileira surgiu no reality musical “Popstar”, do SBT em 2002, e estourou nas rádios com os hits “Não Dá pra Resistir”, “Beijo Molhado” e o hit de maior sucesso “Ragatanga”.

Serviço

Data: 20 de janeiro de 2017
Horário: 14h às 22h
Local: Praça Cívica – Memorial da América Latina
Ingressos: www.eventbrite.com.br (limitados)
Valor: R$ 40,00 (preço único no primeiro lote)
Classificação:  Livre
Evento no Facebbok: https://goo.gl/MKPjfc

CONFISSÃO! Após 15 anos de espera, fã relata experiência no Chá Rouge




Por Erlanio Lima

Acompanhei o reality “Popstars” desde o primeiro episódio em 2002, torci por algumas meninas até chegar à tão incrível formação do grupo Rouge: Aline, Patrícia, Luciana, Fantine e Karin formaram o quinteto que marcou a história da música pop nacional nos anos 2000. “Ragatanga” foi um dos maiores hits que estourou no Brasil a fora e se tornou uma música atemporal, o primeiro disco de capa rosa com glitter, as coreografias; hits com um teor mais infanto-juvenil fazia a cabeça da população mais jovem brasileira, inclusive a minha.

Foto: Carol Caminha

Naquela época não era bem visto um rapaz gostar de um grupo totalmente feminino, os olhares tortos na hora do recreio, enquanto eu dançava até cansar com as meninas o refrão chiclete de “Ragatanga” ou “Não dá pra Resistir”. Não me importei com os comentários dos outros meninos e com isso, elas se tornaram as primeiras artistas da minha vida na qual soube o sentido de ser fã. Comprei os discos, álbum de figurinhas, revistas, pôsteres, assistia aos programas em que elas aparecessem, elas se tornaram literalmente a minha febre da infância. 

Mesmo após a saída de Luciana Andrade, eu continuei a acompanhar o grupo até chegar ao tão temido fim, foi triste e pesaroso, mas a partir dali eu aprendia que tudo na vida tem começo, meio e fim. Fim? Por anos em meu interior eu torcia por um retorno triunfal do grupo, já que por poucas condições na época não pude ir a nenhum show, então existia um misto de desejo, sonho e esperança.

Anos se passaram, até que em 2013, é anunciado o retorno do grupo pelo extinto programa “Fábrica de Estrelas”, com o lançamento de dois singles inéditos e uma possível turnê nacional, porém, a formação seria com apenas 4 garotas: Aline, Patrícia, Karin e Fantine. Luciana não aceitou retornar com as meninas, teve seus motivos, porém, seguimos o baile. Após o lançamento de “Tudo é Rouge” e “Tudo Outra Vez”, o grupo novamente se desfaz e cada uma continuou seguindo as suas vidas e com suas carreiras.

No começo de 2017, os rumores sobre o retorno de uma das maiores girlbands do Brasil se tornaram mais fortes, até que a festa “Chá da Alice” começa a fazer suspense em suas redes sociais e finalmente revela que o grupo voltaria para apresentações únicas no Rio de Janeiro e São Paulo, o intitulado: Chá Rouge! 

Por questões de gastos com o Rock In Rio (Oi, Lady Gaga?), não consegui me programar para os shows dos dias 13 e 14 de outubro no Vivo Rio, preferi me preparar para o show em São Paulo. Depois de sofrer por quase uma hora no site das vendas dos ingressos, finalmente consegui o tão sonhado ingresso para um dos maiores shows da minha vida, marcado para o dia 25 de novembro, a apresentação aconteceria exatamente na madrugada do dia 26 de novembro que é o dia do meu ANIVERSÁRIO, quer presente melhor do que esse? Eu não poderia esperar nada melhor do que isso, o jeito era aguardar a tão sonhada noite e viver a festa dos meus sonhos que não participei em 2003 no estádio do Pacaembu.

Foto: Carol Caminha

Finalmente chega o dia 25 de novembro, combino com meu amigo de irmos para a fila à tarde, chegamos exatamente às 14h40m, um sol escaldante e horas á fio até a abertura dos portões (programado para as 23h). Alimentei-me, me hidratei, interagi com outros fãs, encontrei outros amigos, enfim, tudo estava sendo perfeito até ali e seguia tudo conforme o figurino para que meu corpo aguentasse as horas em pé e o empurra-empurra que seria na hora do show.

Ao entrar na Expo Barra Funda, corremos para conseguir um lugar mais próximo possível da grade, a Dj Giordana residente da festa Chá da Alice, já comandava as pick-ups e tocava de tudo um pouco para aguentarmos até o horário do show (previsto para às 2h da manhã). Mas infelizmente um fato triste acontece, no momento em que algumas pessoas não satisfeitas com a demora começam a vaiar a Dj, sendo que ela não tinha controle algum sobre o horário do show, a não ser nos entreter e cumprir seu papel na qual foi contratada. Passada as horas chega o tão esperado momento, as luzes se apagam e as cortinas se abrem, neste instante o meu sonho começava a se tornar um pesadelo.

Mesmo estando na Pista Premium não conseguia enxergar nada (1,60m disse: Oi), braços erguidos com seus celulares, o calor aumenta com a pressão dos corpos prensados uns contra os outros por conta do empurra-empurra para se aproximarem o máximo que puderem da grade, das meninas e, assim começa: “Vem dançar com a gente, com a gente, agora, solte o corpo be a star, vem cantar com a gente, com a gente, agora, vem ser uma Popstar…”. O que eu me lembro dessa música é o que tenho gravado em vídeo no celular, aliás, o que consegui gravar, eram tantos braços erguidos ao mesmo tempo junto com a minha baixa estatura não permitiram uma boa gravação daquele momento.

As músicas foram rolando e as meninas fazendo um belíssimo show, com tudo o que se tinha direito, cenário, coreografias, corpo de baile, um camelo gigante para cantarem “Vem Habib”, tudo o que esperávamos e um pouco mais. Ao me aproximar mais da grade e finalmente conseguir uma boa visão, começo a sentir o ar mais denso e quente, começo a inspirar e expirar para cima tentando buscar ar, e eu não conseguia sentir oxigênio entrar nos meus pulmões, até que minha visão começa a embaçar, os olhos começaram a pesar e meu cérebro me alerta: Você vai desmaiar!

Estiquei o braço pedindo ajuda, o pessoal encostado à grade chama a atenção dos bombeiros, quando dei por mim, já estava sendo tirado da pista e pulando a grade sem nem fazer esforço, só sentia meu corpo pesado e alguém do meu lado me carregando arrastado até a enfermaria, ao chegar lá sinto o ar puro e frio, meus pulmões dão a sensação de voltar a funcionar, bebi água e fiquei alguns minutos sentado tentando me recuperar, eu só percebia que o tempo passava e estava ali perdendo tempo, eu tinha que voltar pra pista. Ao me levantar e ficar uns minutos em pé, a cabeça começa novamente a girar e o corpo pesar, eu não iria conseguir, tinha que descansar mais.

Foto: Carol Caminha

Na enfermaria conseguia ouvir cada música, até que começa “Nunca Deixe de Sonhar”, não aguentei e ali mesmo desabei a chorar, todo um filme se passando na minha cabeça, tudo o que enfrentei até ali tinha sido em vão, todos os meus planos para que a noite do meu aniversário fosse perfeita, foram arruinadas porque meu corpo não suportou. Só fui me recuperar totalmente no último bloco do show, porém, sem motivação alguma de querer assistir ao restante do show, procurei algum lugar arejado, sentei ali sozinho e continuei a chorar até ouvir as meninas se despedirem e a multidão se retirar da Expo para irem embora.

Eu poderia encontrar mil e um defeitos para culpar alguém ou alguma coisa, mas não é essa minha intenção, as meninas foram sensacionais, fizeram um show magnífico que todos os anos de espera valeram a pena para quem assistiu e aproveitou do começo ao fim. Mas também não posso ignorar os fatos de que o lugar não tinha ventilação que suportasse tantas pessoas, valores de bebidas absurdos (garrafa de água 300ml por R$8,00), a não fiscalização entre pista comum e premium, enfim, isso não importa, foi o meu corpo que não suportou, a minha frustração quem causou foi eu mesmo.

Eu amo esse grupo por toda a sua trajetória e o significado em especial que tem não só na minha vida, mas como na de muitos fãs que estiveram nesse show e ainda irão aos outros que estão por vir (amém turnê nacional), amo cada uma e suas particularidades. Então só quero agradecer por nos permitirem novamente sonhar esse sonho até então quase impossível, obrigado à equipe de bombeiros que foram altamente prestativos e atenciosos quanto a minha recuperação, aos meus amigos pela companhia, pelo pessoal que solicitou ajuda aos bombeiros e ao meu namorado pelo ingresso como presente. Novas oportunidades ainda estão por vir, e sei que irei realizar o sonho de ver esse show do início ao fim e ainda quem sabe dar um abraço em cada uma dessas meninas, pois como elas mesmas nos ensinaram: Nunca deixe de sonhar!

Nosso Rouge está vivo e com show marcado no Chá da Alice




Festa carioca reunirá as CINCO integrantes no palco depois de 13 anos!

Por Walace Toledo

Foto: Reprodução/Internet


“Há uma luz em algum lugar
Que vai fazer seu sonho se realizar
É só você acreditar
Que uma nova estrela vai poder brilhar” <3


Depois de anos pedindo por #voltaRouge nas redes sociais, os fãs foram presenteados de surpresa! O grande feito será realizado pelo “Chá da Alice”, badalada festa carioca que está em turnê com o “XuChá”, show nostálgico com a própria rainha Xuxa, entre outros eventos promovidos pelo Brasil envolvendo Ivete Sangalo, Anitta e mais grandes nomes do cenário musical nacional.

Aline Wirley, Fantine Tho, Karin hils, Lissah Martins e Luciana Andrade (siiiim, amém santa Rainha de Copas!) se reencontrarão no palco após 13 anos da saída de Luciana e 11 anos do fim do ROUGE, a maior girl band brasileira. Que aliás, não teve uma despedida à altura do fenômeno que foi e os fãs clamavam por isto até hoje. 

Há quase um mês, precisamente 17 de agosto, o Rouge comemorou 15 anos desde sua formação original anunciada no reality musical “POPSTAR” (SBT, 2002). A internet foi ao delírio com as cantoras fazendo posts sobre a data e TODAS comentando nas postagem uma das outras. Coincidentemente, Luciana tinha um pocket show no mesmo dia e cantou duas músicas do grupo em celebração, além de falar com gratidão por tudo que viveu na época com as colegas de banda.

A bomba foi lançada há quatro dias, deixando os fãs excitadíssimos e cheios de teorias. Ficamos bem atentos também!!

Uma publicação compartilhada por acessocultural (@acessocultural) em Set 8, 2017 às 7:12 PDT

Ontem (11), a postagem de uma imagem rosa com glitter, alusão à capa do primeiro CD do grupo, só confirmou mais a grande atração.

Uma publicação compartilhada por Chá da Alice (@chadaalice) em Set 11, 2017 às 3:28 PDT

E hoje finalmente temos a confirmação oficial do reencontro e todas as informações sobre a festa:

DATA: 13/10
EVENTO: CHÁ DO ROUGE
LOCAL: VIVO RIO – Av. Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo – Rio de Janeiro/RJ
HORÁRIO: 23h 

A princípio será data única no Rio, entretanto visto o sucesso do Rouge no Brasil inteiro, dificilmente o “Chá do Rouge” não passará pelo menos por São Paulo, assim como foi com o “XuChá”, agora produzido por outras capitais.

Eu não sei vocês, mas nós ainda estamos sem acreditar e com o coração acelerado de emoção! <3 Essa é a hora de reencontrar o Diego virando a esquina e ficar possuído pelo ritmo Ragatanga! Só vem #ROUGE.