A FABULOSA FÁBRICA DE MÚSICA, o musical está em cartaz no Teatro das Artes


Créditos: Carlos Costa Studio


Já pensou num mundo sem música? É o que acontece quando uma caixinha de música que esconde um poder mágico se quebra no Colégio Beethoven. Melodia, Ritmo e Harmonia, os três elementos da música, ganham vida e precisam se unir para restaurar o objeto. Nesta aventura, contam com a ajuda do próprio Beethoven, o grande compositor, que surge como capitão desta fabulosa jornada. O elenco de 11 atores é formado por 5 crianças com carreira no teatro- Enzo Pacifico, Pietro Cheuen, Esther Samuel (The Voice Kids), Bruna Negendank (novela Vovó Sumiu), Manu Estevão (novela Vai na Fé e série Vicky e a Musa) – e 6 adultos – Du Herrera, Franciane Melo, Rômulo Weber, Carol Donato, Vitória Rodrigues, Rodrigo Fernando. O musical é composto por canções originais e outras de diferentes épocas, desde composições do ‘anfitrião’ Beethoven até músicas contemporâneas de Gilberto Gil, Melim e Gloria Groove, entre outras. Ao todo a trilha reúne 37 composições, sendo 19 compostas pelo diretor musical Roger Henri.

Idealizado por Gustavo Nunes e Rose Dalney, A Fabulosa Fábrica de Música é um projeto que engloba uma série de espetáculos musicais que oferecem ao público uma experiência teatral sobre o poder da música, seus diferentes ritmos e sua importância para a formação da identidade cultural ao longo da história. O primeiro espetáculo da série se chama A Fabulosa Fábrica de Música – o musical e é conduzido pelo personagem do compositor alemão Ludwig van Beethoven (1770-1827) que, por meio da magia do palco, surge em nosso mundo para apresentar essa aventura musical para todas as idades. A encenação pretende reunir pais, filhos e avós num programa em família que faz da música e sua universalidade um veículo para falar de diversidade, aceitação e amor. As personagens revelam seus sonhos e confrontam suas experiências em cena – inclusive o próprio Beethoven, cuja surdez na vida adulta não o impediu de se tornar um dos compositores mais importantes da história. E usando de seu próprio exemplo, ajuda as crianças a se encontrarem e se realizarem através das suas potências únicas. O projeto, apresentado por Ministério da Cultura e Bradesco Seguros, conta com patrocínio de LGA Mineradora, produção de Turbilhão de Ideias (“Cassia Eller, o musical”) e realização da Miniatura 9 (“Musical Mamonas”).

Temporada de 6 de janeiro a 4 de fevereiro de 2024.

Teatro das Artes / Shopping Eldorado

AVENIDA REBOUÇAS 3970-409 Pinheiros /São Paulo/SP, CEP 05402-600

DURAÇÃO: 70 min / CLASSIFICAÇÃO: livre e indicada para a partir de 2 anos / GÊNERO: musical para a família / Apresentações: Sábado sessões: as 14hs e as 16hs. Domingo : sessão as 15hs

INGRESSOS – De R$ 39,00 a R$ 100,00 (inteira). De R$ 19,50 a R$ 50,00 (meia).

Vendas pelo Sympla

A FABULOSA FÁBRICA DE MÚSICA – Sympla Bileto – Compre seu ingresso online

ou na bilheteria do teatro no Shopping Eldorado – Av. Rebouças, 3970, loja 409 – São Paulo/SP. De terça e quarta das 13h às 22h. Quinta, sexta e sábado das 13h às 20h. Domingos das 13h às 22h. Tel.: (11) 3034-0075.

Superprodução Cinderella retorna ao Teatro Liberdade para nova temporada em 2024


créditos: divulgação


Após lotar o teatro na cidade de Riad, na Arábia Saudita com seus efeitos especiais e iluminação impressionantes, o espetáculo Cinderella retorna ao palco do Teatro Liberdade para uma nova temporada no Brasil: entre 6 de janeiro e 4 de fevereiro de 2024, com apresentações aos sábados e domingos, às 16h.

A superprodução é dirigida por Billy Bond, que já encantou milhões de espectadores no Brasil, Argentina, Chile, Peru, e agora traz seus elementos mágicos e envolventes para mais uma temporada de sucesso, continuando a tradição que marcou suas montagens de clássicos como A Bela e a Fera, Natal Mágico, Mágico de Oz e Branca de Neve.

O espetáculo Cinderella é baseado no conto do livro original dos Irmãos Grimm e tem adaptação de Billy Bond e Lilio Alonso. “As crianças acreditam no que dizemos a elas, têm completa fé em nós, acreditam em fadas, bruxas, príncipes, princesas e por isso, eu lhes peço um pouco dessa inocência infantil para contarmos esta história. Era uma vez…”, convida Bond.

Na trama, Cinderella era filha de um comerciante rico, mas, depois que seu pai morreu, sua madrasta tomou conta da casa. Então, a jovem passou a viver com a malvada esposa de seu pai, junto das duas filhas dela que invejavam a beleza da protagonista. Cinderella tinha de fazer todos os serviços domésticos e ainda era alvo de deboches e malvadezas.

Um belo dia é anunciado que o Rei realizará um baile para que o príncipe escolha sua esposa dentre todas as moças do reino. No convite distribuído aos cidadãos, havia o aviso de que todas as moças deveriam comparecer ao baile promovido pelo Rei. A madrasta de Cinderella sabia que ela era a mais bonita da região e disse que ela não poderia ir porque não tinha um vestido apropriado.

A menina, então, costura um vestido de retalhos muito bonito com a ajuda de seus amigos da floresta, passarinhos, ratinhos e esquilos. Porém, a madrasta não queria que Cinderella comparecesse ao baile, pois sua beleza impediria que o príncipe se interessasse por suas duas filhas.

Sendo assim, ela e as filhas rasgam o vestido, dizendo que não tinham autorizado Cinderella a usar os retalhos que estavam no lixo. Muito triste, Cinderella vai para seu quarto no sótão e chora junto à janela, olhando para o Castelo na colina.

De suas orações e lágrimas, surge a fada-madrinha que conforta a moça e usa de sua mágica para criar um lindo vestido e uma bela carruagem. Porém, antes de sua afilhada sair, a fada-madrinha lhe deu um aviso: a moça deveria chegar antes da meia-noite ou toda a mágica iria se desfazer aos olhos de todos.

Cinderella chega à festa como uma princesa. Estava tão bonita que não foi reconhecida, exceto pela madrasta, que passou a noite inteira dizendo para as filhas que achava que conhecia a moça de algum lugar, mas não conseguia dizer de onde. O príncipe, logo que a vê, convida-a para dançar. Eles bailam a noite inteira, conversam e riem como duas almas gêmeas e logo percebem que foram feitos um para o outro.

Quando o relógio badala as doze batidas e um minuto, Cinderella precisa sair correndo. E, na pressa, deixa um dos seus sapatinhos de cristal na escadaria. O príncipe, muito preocupado por não saber o nome da moça ou como reencontrá-la, pega o sapatinho e sai em busca da moça pelo reino e outras cidades.

Muitas damas dizem serem donas do sapatinho, mas o pé de nenhuma delas se encaixava perfeitamente no calçado. Quando o príncipe bate à porta da casa de Cinderella, a madrasta tranca a jovem no sótão e deixa apenas que suas duas filhas experimentassem o sapatinho. Apesar de muito esforço, o sapatinho de cristal não serve em nenhuma das duas. E um ajudante do príncipe percebe que há uma moça na janela do sótão da casa.

Sob as ordens do príncipe, a madrasta tem que deixar Cinderella descer. A moça, então, experimenta o sapatinho, mas, antes mesmo que ele servisse em seus pés, o príncipe já tinha dentro do seu coração a certeza de que havia reencontrado o amor de sua vida. Cinderella e o príncipe se casam em uma linda cerimônia e são felizes para sempre.

Números do espetáculo

O musical tem os diálogos e as músicas cantadas em português, muitos efeitos especiais e de iluminação, gelo seco, telões em 3D, levitações, ilusionismo e cheiros. Todos os recursos são utilizados para que a plateia tenha a sensação de fazer parte do musical. A produção conta com 25 atores, 15 técnicos e a equipe completa totaliza 50 profissionais. O espetáculo tem cinco trocas de cenários, 28 toneladas de equipamentos e efeitos visuais deslumbrantes.

Serviço

Cinderella, com direção de Billy Bond

Temporada: 6 de janeiro a 4 de fevereiro de 2024

Aos sábados e domingos, às 16h.

Sessões especiais: 25 de janeiro, às 16h, e 4 de fevereiro, às 11h

*Ingressos em Pré-venda (até dia 30/11)

Balcão II: R$50 (inteira) e R$25 (meia-entrada)

Balcão I: R$140 (inteira) e R$70 (meia-entrada)

Plateia: R$170 (inteira) e R$85 (meia-entrada)

Plateia Premium: R$190 (inteira) e R$95 (meia-entrada)

*Ingressos em Venda Normal (depois do dia 30/11)

Balcão II: R$50 (inteira) e R$25 (meia-entrada)

Balcão I: R$170 (inteira) e R$85 (meia-entrada)

Plateia: R$190 (inteira) e R$95 (meia-entrada)

Plateia Premium: R$220 (inteira) e R$110 (meia-entrada)

*Clientes Glesp tem 25% de desconto nos ingressos inteiros mediante a aplicação do cupom, limitado a 4 ingressos por cupom. Válido para todos os setores.

Internet (com taxa de conveniência): https://bileto.sympla.com.br/event/87003/d/216847

Bilheteria física (sem taxa de conveniência): De terça a sábado, das 13h às 19h. Domingos e feriados apenas em dias de espetáculos até o início da apresentação.

Teatro Liberdade – Rua São Joaquim, 129, Liberdade

Classificação: Livre

Gênero: Infantil/Família

Duração: 120 minutos

Capacidade: 900 pessoas

Acessibilidade: Teatro acessível para cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida

DESCONTOS

50% DE DESCONTO | MEIA-ENTRADA – De acordo com a Lei Federal 12.852 (Estatuto da Juventude) e 12.933 de 2013 têm direito a compra de até 40% do total de ingressos disponíveis para cada evento os seguintes beneficiários:

ATENÇÃO – Para Pontos de Venda e Bilheterias é necessária a comprovação do direito ao benefício da 1/2 entrada no ato da compra e no acesso ao evento. Para vendas pela Internet e Telefone é necessária a comprovação do direito ao benefício da 1/2 entrada no acesso ao evento. Caso o benefício não seja comprovado, o portador deverá complementar o valor do ingresso adquirido para o valor do ingresso integral, caso contrário o acesso ao evento não será permitido.

ESTUDANTES – Lei Federal 12.933/13, Decreto Federal 8.537/15 e Medida Cautelar Provisória concedida pelo STF em 29/12/2015 – Carteira de Identificação Estudantil (CIE), emitida pela ANPG, UNE, Ubes, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos, conforme modelo único nacionalmente padronizado. Os elementos indispensáveis da CIE são: I  nome completo e data de nascimento do estudante; II  foto recente do estudante; III  nome da instituição de ensino na qual o estudante esteja matriculado; IV  grau de escolaridade; e V  data de validade até o dia 31 de março do ano subsequente ao de sua expedição.

IDOSOS (PESSOAS COM MAIS DE 60 ANOS) – Lei Federal 10.741/03 e Decreto Federal 8.537/15 – Documento de identidade oficial com foto.

JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA, COM IDADES DE 15 A 29 ANOS – Lei Federal 12.933/13 e Decreto Federal 8.537/15 – Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.

PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTE QUANDO NECESSÁRIO – Lei Federal 12.933/13 e Decreto Federal 8.537/15 – Cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social  INSS que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.

DIRETORES, COORDENADORES PEDAGÓGICOS, SUPERVISORES E TITULARES DE CARGOS DO QUADRO DE APOIO DAS ESCOLAS DAS REDES ESTADUAL E MUNICIPAIS – Lei Estadual n° 15.298/14 – Carteira funcional emitida pela Secretaria de Educação de São Paulo ou holerite acompanhado de documento oficial com foto.

PROFESSORES DA REDE PÚBLICA ESTADUAL E DAS REDES MUNICIPAIS DE ENSINO – Lei Estadual n° 14.729/12 – Carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação de São Paulo ou holerite acompanhado de documento oficial com foto.

‘Uma Linda Mulher – O Musical’ entra em últimos dias


Créditos: Caio Galucci


A temporada de “Uma Linda Mulher – O Musical” está chegando ao fim. Aclamado pelo público como a grande sensação da temporada de musicais em 2024, mais de 85 mil pessoas já garantiram seus ingressos e têm lotado as sessões da montagem já há quase 3 meses em cartaz. Com apenas mais 4 finais de semana, o espetáculo encerra definitivamente sua temporada em 17 de dezembro, no Teatro Santander, localizado no Complexo JK Iguatemi, em São Paulo.

Os últimos ingressos disponíveis estão disponíveis na internet (www.sympla.com.br) e pela bilheteria oficial do próprio Teatro Santander (sem taxa de conveniência – Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041). As apresentações finais ocorrem às quintas e sextas-feiras, às 20h; aos sábados e domingos, às 16h e 20h. A realização do espetáculo “Uma Linda Mulher – O Musical” no Brasil é da IMM e EGG Entretenimento, da empresária Stephanie Mayorkis, e conta com apresentação do Ministério da Cultura e Santander Seguros e Previdência, patrocínio B3, Comgás, EMS, Lorenzetti, Santander, Sem Parar e apoio Mobilize Financial Services.

O longa que inspirou o espetáculo foi lançado em 1990, com um elenco estrelado por Richard Gere e, a então iniciante, Julia Roberts, que recebeu o Globo de Ouro de Melhor Atriz em Comédia ou Musical, se tornando uma das maiores artistas do mundo por conta do sucesso do filme. Dirigido por Garry Marshall, com roteiro de J.F. Lawton e com uma trilha sonora memorável, incluindo a canção “Oh, Pretty Woman”, de Roy Orbison, o filme arrecadou no mundo todo mais de 463 milhões de dólares em bilheteria.

“Uma Linda Mulher – O Musical” conta a história de Vivian Ward, uma prostituta de Hollywood, que é contratada por Edward Lewis, um empresário bem sucedido, para ser sua acompanhante durante uma semana. O que era para ser apenas um acordo comercial se transforma em uma história de amor inesperada.

Créditos: Caio Galucci

A adaptação deste clássico do cinema para o teatro estreou em 2018, com Bryan Adams, o renomado cantor, compositor e produtor musical, assinando as músicas e letras, com seu parceiro de longa data, Jim Vallance. Natural do Canadá, Bryan é dono de uma carreira internacional sólida, conhecido por sua voz distinta e diversos hits memoráveis que embalaram gerações, como “Summer of ’69”, “Heaven” e “(Everything I Do) I Do It for You”. Sua música e talento artístico o solidificaram como um ícone da música e um dos artistas mais bem-sucedidos de sua geração.

Inicialmente em cartaz em Chicago, logo acabou sendo transferido para a Broadway, em Nova York. Depois de encerrar sua temporada na Broadway, o espetáculo seguiu para Hamburgo, na Alemanha, em 2019. Em 2020, chegou a vez de Londres receber o musical no West End, que teve que ser interrompido devido à pandemia, mas retornou aos palcos em 2021, com um enorme sucesso, onde continua em cartaz. No mesmo ano, embarcou em uma turnê pelos Estados Unidos, passando por 32 cidades. Além disso, Milão, na Itália, e Barcelona, na Espanha, também tiveram a oportunidade de receber a montagem. Agora, “Uma Linda Mulher – O Musical” estará em turnê por todo o Reino Unido e Irlanda, a partir de outubro de 2023.

No Brasil, o musical traz Jarbas Homem de Mello no papel de Edward Lewis, um milionário que faz par romântico e protagoniza cena com Thais Piza, atriz com ampla carreira musical, responsável por interpretar a icônica Vivian Ward.

Além deles, o espetáculo conta com 24 atores consagrados do teatro musical: César Mello (Homem Feliz/Sr. Thompson), Gui Leal (Homem Feliz/Sr. Thompson Alternante), Andrezza Massei (Kit De Luca), Julio Assad (Phillip Stuckey/Edward Lewis Cover), Sérgio Rufino (Sr. James Morse), Arthur Berges (Giulio), Amanda Vicente (Ensemble/Scarlett Cover), Caru Truzzi (Ensemble/Violetta Cover), Daruã Góes (Violetta/Ensemble), Lia Canineu (Ensemble/Vivian Ward Cover), Luci Salutes (Scarlett/Ensemble), Mari Saraiva (Ensemble), Moira Osório (Swing), Nina Sato (Swing/Dance Captain), Vannessa Mello (Ensemble/Kit De Luca Cover), Abner Debret (Ensemble/Alfredo Cover), Bruno Albuquerque (Swing), Bruno Sigrist (Alfredo/Ensemble), Daniel Caldini (Swing), Eduardo Leão (Ensemble/Sr. James Morse Cover), Murilo Ohl (Ensemble/Giulio Cover), Pedro Navarro (Ensemble/Phillip Stuckey Cover), Renato Caetano (Ensemble), Silvano Vieira (Ensemble/Giulio Cover) e Tiago Dias (Ensemble).

O elenco é ainda acompanhado por uma orquestra formada por 9 músicos, que tocam piano, guitarra, bateria, violino, viola, violoncelo, baixo e executam ao vivo toda a trilha sonora, incluindo a clássica “Pretty Woman”.

O espetáculo conta com texto de Garry Marshall & J. F. Lawtona, Música e Letras de Bryan Adams & Jim Vallance, e é baseado no filme da Touchstone Pictures escrito por J. F. Lawton. A montagem brasileira conta com a direção artística de Fred Hanson, Jorge de Godoy como diretor musical, Kátia Barros como coreógrafa e Stephanie Mayorkis como produtora geral.

SERVIÇO | UMA LINDA MULHER – O MUSICAL

Dia: A partir de 01 de setembro até 17 de dezembro (conferir no site todas as datas disponíveis)

Horários: Quintas-feiras, às 20h;

Sextas-feiras, às 20h;

Sábados, às 16h e 20h;

Domingos, às 16h e 20h

Local: Teatro Santander

Endereço: Shopping JK Iguatemi – Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041

Classificação etária: Livre, menores de 14 anos acompanhados dos pais ou responsáveis legais.

QUINTAS, ÀS 20H | DOMINGOS, ÀS 20H:

FRISA BALCÃO: R$ 19,80 meia entrada e R$ 39,60 inteira

BALCÃO B: R$ 19,80 meia entrada e R$ 39,60 inteira

BALCÃO A: R$ 75,00 meia entrada e R$ 150,00 inteira

PLATEIA SUPERIOR: R$ 130,00 meia entrada e R$ 260,00 inteira

FRISA PLATEIA SUPERIOR: R$ 130,00 meia entrada e R$ 260,00 inteira

VIP: R$ 180,00 meia entrada e R$ 360,00 inteira

FERIADOS, TODOS HORÁRIOS | SEXTAS, ÀS 20H,| SÁBADOS, ÀS 16H E ÀS 20H |DOMINGO, ÀS 16H:

FRISA BALCÃO: R$ 19,80 meia entrada e R$ 39,60 inteira

BALCÃO B: R$ 19,80 meia entrada e R$ 39,60 inteira

BALCÃO A: R$ 85,00 meia entrada e R$ 170,00 inteira

PLATEIA SUPERIOR: R$ 140,00 meia entrada e R$ 280,00 inteira

FRISA PLATEIA SUPERIOR: R$ 140,00 meia entrada e R$ 280,00 inteira

VIP: R$ 190,00 meia entrada e R$ 380,00 inteira

*Clientes Santander têm 30% de desconto nos ingressos inteiros, limitados a 2 por CPF.

INGRESSOS

Internet (com taxa de conveniência):

https://www.sympla.com.br/

Bilheteria física (sem taxa de conveniência):

Teatro Santander

Horário de funcionamento: Todos os dias das 12h00 às 18h00. Em dias de espetáculos, a bilheteria permanece aberta até o início da apresentação. A bilheteria do Teatro Santander possui um totem de autoatendimento para compras de ingressos sem taxa de conveniência 24h por dia.

Endereço: Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041.

Descontos

50% DE DESCONTO | MEIA-ENTRADA: obrigatória a apresentação do documento previsto em lei que comprove a condição de beneficiário.

30% DE DESCONTO | CLIENTE SANTANDER – Na compra de ingressos realizada por clientes Santander, limitado a 20% da lotação do teatro. Não cumulativo com meia­-entrada. Limitados a 02 (dois) ingressos por CPF. Esta compra deverá ser realizada com cartões do Banco Santander, para compras on-line somente o cartão de crédito Santander, compras na bilheteria e totem, o pagamento com o desconto poderá ser realizado em débito ou crédito. De acordo com o art. 38, inciso I, da Instrução Normativa nº 1, de 20/03/2017 e com base na Lei Federal nº 8.313 (Lei Rouanet) e Decreto nº 5.761, é proibido comercializar o produto cultural (ingressos) em condições diferentes para clientes Santander, das praticadas ao público em geral.

Venda a grupos:

Envie um e-mail para grupos-entretenimento@immbr.com

Premiado espetáculo “Elis, A Musical” volta ao Rio de Janeiro em edição especial comemorativa de 10 anos


Créditos: Divulgação


Com novidades no elenco, figurino e cenografia, o musical promete emocionar, mais uma vez, os espectadores, recriando os momentos mais marcantes da carreira e trajetória pessoal da cantora gaúcha.

No papel de Elis Regina, está a atriz Laila Garin, que viveu a estrela na primeira apresentação da peça em 2013, e Lilian Menezes, que se reveza na interpretação da Pimentinha (como Elis era conhecida). O ator paulistano Flávio Tolezani vive, pela primeira vez, Ronaldo Bôscoli; Fernando Rubro também estreia como Jair Rodrigues (papel que foi de Ícaro Silva em 2013) e Santiago Villalba é Tom Jobim. Cláudio Lins volta a interpretar César Camargo Mariano, segundo marido de Elis e pai da cantora Maria Rita e Pedro Mariano. O texto de Nelson Motta e Patrícia Andrade conta novamente com a direção de Dennis Carvalho, que fez sua estreia no teatro com o aclamado espetáculo.

Dentre as premiações que consagraram o espetáculo, Elis, A Musical recebeu os prêmios de Melhor Espetáculo (Prêmio Reverência), Melhor Direção Musical (Prêmio Cesgranrio), Melhor Produção (Prêmio APTR), Melhor Coreografia e Cenografia (Prêmio Bibi Ferreira) e Melhor Figurino (Prêmio Cenym). A atriz Laila Garin foi reconhecida como Melhor Atriz (prêmios Shell, Bibi Ferreira, Reverência, APCA, QUEM, Cesgranrio e Botequim Cultural).

Serviço

Temporada: 10 de novembro a 10 de dezembro de 2023

Teatro Riachuelo Rio – Rua do Passeio, 40, Centro, Rio de Janeiro

Horários: Quinta às 20h, Sexta às 20h30, Sábado às 16h e 20h, Domingo às 18h.

Duração: 2h15 minutos (15 minutos de intervalo)

Ingressos pela Plataforma Sympla: https://bileto.sympla.com.br/event/85443/d/208705

 

Espetáculo “NOSSO IRMÃO” estreia em SP com Regiane Alves e grande elenco


Crėditos: Pino Gomes


Escrito pelo espanhol Alejandro Melero e com direção de Dan Rosseto, o espetáculo, com montagens na Espanha, Uruguai e Peru, se baseia nos traumas e no humor das relações familiares para convidar ao debate sobre o direito de escolha de pessoas com deficiência ou com transtorno do espectro autista (TEA).

Nosso Irmão conta a história do reencontro dos irmãos Teresa, Maria e Jacinto, após a morte de sua mãe. Na casa da família, onde a matriarca cuidava de Jacinto, que possui uma deficiência intelectual, as irmãs se envolvem em uma busca pelo testamento, que passa a fazer parte de um jogo de interesses em torno dos bens da família e da guarda do irmão. Ao longo do caminho, os três terão que se conhecer novamente enquanto enfrentam os fantasmas, os conflitos e os segredos de família.

Com atuações de Regiane Alves, Marina Elias e Bruno Ferian, os três irmãos precisam desfazer suas mágoas para criar vínculos emocionais verdadeiros e enterrar de vez as lembranças de sua mãe.

“O jogo cênico criado a partir dos embates psicológicos entre os irmãos, faz do público o voyeur da história, observando as cenas de diferentes ângulos e captando variadas nuances do trio”, afirma o diretor Dan Rosseto. “Me interessa, como diretor, captar a dor humana e este texto é potente em trazer diferentes camadas de cada um deles: os traumas, o humor, as feridas não cicatrizadas e questões familiares profundas”.

Esse projeto é realizado pela Mercúrio Cultural através da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio do Alfa Impacta Mais e Apsen Farmacêutica, apoio Think Projetos, Incentiv e Teatro Tucarena.

Serviço

“NOSSO IRMÃO”

Autor: Alejandro Melero

Direção: Dan Rosseto

Elenco: Regiane Alves, Marina Elias e Bruno Ferian

Classificação: 12 anos

Duração: 90 minutos

Gênero: Tragicomédia

Modalidade: Adulto

Temporada: de 03 de novembro a 17 de dezembro

Sexta às 20h30, sábado às 21h e domingo às 18h

Sessões com acessibilidade:

Libras: Todos os sábados

Audiodescrição: Sábado dia 09 de dezembro.

Valores:

Inteira: R$100 | R$ 50 meia
Vendas: www.sympla.com.br

Popular: Inteira: R$ 50 | R$ 25

Info: (11) 3670-8455

Clientes Banco Alfa, Apsen Farmacêutica e Vivo Valoriza possuem 50% de desconto no valor do ingresso normal inteiro.

Local: Tucarena | 288 lugares

Rua Bartira, 347 – Perdizes, São Paulo

Ficha Técnica:

Autor: Alejandro Melero

Direção: Dan Rosseto

Assistente de direção: Carolina Stofella

Elenco: Regiane Alves, Marina Elias e Bruno Ferian

Cenografia: Kleber Montanheiro

Cenotécnico: Evas Carretero

Figurinista: Priscila Soares

Desenho de luz: César Pivetti

Visagismo: Louise Helene

Produção musical: Dri Barea

Operador de luz: César Pivetti

Diretor de palco: Vinicius Hideki

Fotógrafo de estúdio: Pino Gomes

Identidade visual: Leonardo Ferrari

Designer gráfico: João Ares

Mídia Social: D2One

Captação e criação de conteúdo audiovisual: Gatú Filmes (Arthur Bronzato e Gabriel Metzner)

Assessoria de imprensa: Flavia Fusco Comunicação

Tradução: Luzia Ainhoren

Assistente de Produção: Marina Branco

Produção Executiva: Fábio Camara e Rodrigo Lopes

Coordenação Geral: Bruno Ferian

Realização: Mercúrio Cultural

Adriana Birolli estreia comédia NÃO! no Teatro Sérgio Cardoso




O Teatro Sérgio Cardoso, instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo, e gerido pela Associação Paulista dos Amigos da Arte, recebe a atriz Adriana Birolli com o solo NÃO!, uma comédia para quem tem dificuldade de dizer não, nos dias  16, 23 e 30 de outubro,  segundas-feiras, às  19 horas.

O enredo acompanha uma personagem que, depois de 18 anos de terapia, acha que finalmente aprendeu a dizer não, mas no dia da comemoração de seu aniversário se depara com um conflito familiar.

“Dizer não a alguém ou a algo pode despertar tantos questionamentos e temores que é uma espécie de tabu para muita gente”, opina Diogo Camargos, que assina texto e direção do espetáculo.

 

Serviço

NÃO!

Local: Teatro Sérgio Cardoso | Sala Paschoal Carlos Magno

Endereço: R. Rui Barbosa, 153 – Bela Vista

Temporada: 16, 23 e 30 de outubro,  segundas-feiras, às  19hs

Ingressos: R$ 60,00 (inteira) R$30,00 (meia-entrada) | Sympla

Classificação Etária: 12 anos
Duração: 65 minutos

Capacidade da Sala:  143 lugares + 6 espaços de cadeirantes

 

Instagram | Facebook | Site