‘Uma Linda Mulher – O Musical’ entra em últimos dias


Créditos: Caio Galucci


A temporada de “Uma Linda Mulher – O Musical” está chegando ao fim. Aclamado pelo público como a grande sensação da temporada de musicais em 2024, mais de 85 mil pessoas já garantiram seus ingressos e têm lotado as sessões da montagem já há quase 3 meses em cartaz. Com apenas mais 4 finais de semana, o espetáculo encerra definitivamente sua temporada em 17 de dezembro, no Teatro Santander, localizado no Complexo JK Iguatemi, em São Paulo.

Os últimos ingressos disponíveis estão disponíveis na internet (www.sympla.com.br) e pela bilheteria oficial do próprio Teatro Santander (sem taxa de conveniência – Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041). As apresentações finais ocorrem às quintas e sextas-feiras, às 20h; aos sábados e domingos, às 16h e 20h. A realização do espetáculo “Uma Linda Mulher – O Musical” no Brasil é da IMM e EGG Entretenimento, da empresária Stephanie Mayorkis, e conta com apresentação do Ministério da Cultura e Santander Seguros e Previdência, patrocínio B3, Comgás, EMS, Lorenzetti, Santander, Sem Parar e apoio Mobilize Financial Services.

O longa que inspirou o espetáculo foi lançado em 1990, com um elenco estrelado por Richard Gere e, a então iniciante, Julia Roberts, que recebeu o Globo de Ouro de Melhor Atriz em Comédia ou Musical, se tornando uma das maiores artistas do mundo por conta do sucesso do filme. Dirigido por Garry Marshall, com roteiro de J.F. Lawton e com uma trilha sonora memorável, incluindo a canção “Oh, Pretty Woman”, de Roy Orbison, o filme arrecadou no mundo todo mais de 463 milhões de dólares em bilheteria.

“Uma Linda Mulher – O Musical” conta a história de Vivian Ward, uma prostituta de Hollywood, que é contratada por Edward Lewis, um empresário bem sucedido, para ser sua acompanhante durante uma semana. O que era para ser apenas um acordo comercial se transforma em uma história de amor inesperada.

Créditos: Caio Galucci

A adaptação deste clássico do cinema para o teatro estreou em 2018, com Bryan Adams, o renomado cantor, compositor e produtor musical, assinando as músicas e letras, com seu parceiro de longa data, Jim Vallance. Natural do Canadá, Bryan é dono de uma carreira internacional sólida, conhecido por sua voz distinta e diversos hits memoráveis que embalaram gerações, como “Summer of ’69”, “Heaven” e “(Everything I Do) I Do It for You”. Sua música e talento artístico o solidificaram como um ícone da música e um dos artistas mais bem-sucedidos de sua geração.

Inicialmente em cartaz em Chicago, logo acabou sendo transferido para a Broadway, em Nova York. Depois de encerrar sua temporada na Broadway, o espetáculo seguiu para Hamburgo, na Alemanha, em 2019. Em 2020, chegou a vez de Londres receber o musical no West End, que teve que ser interrompido devido à pandemia, mas retornou aos palcos em 2021, com um enorme sucesso, onde continua em cartaz. No mesmo ano, embarcou em uma turnê pelos Estados Unidos, passando por 32 cidades. Além disso, Milão, na Itália, e Barcelona, na Espanha, também tiveram a oportunidade de receber a montagem. Agora, “Uma Linda Mulher – O Musical” estará em turnê por todo o Reino Unido e Irlanda, a partir de outubro de 2023.

No Brasil, o musical traz Jarbas Homem de Mello no papel de Edward Lewis, um milionário que faz par romântico e protagoniza cena com Thais Piza, atriz com ampla carreira musical, responsável por interpretar a icônica Vivian Ward.

Além deles, o espetáculo conta com 24 atores consagrados do teatro musical: César Mello (Homem Feliz/Sr. Thompson), Gui Leal (Homem Feliz/Sr. Thompson Alternante), Andrezza Massei (Kit De Luca), Julio Assad (Phillip Stuckey/Edward Lewis Cover), Sérgio Rufino (Sr. James Morse), Arthur Berges (Giulio), Amanda Vicente (Ensemble/Scarlett Cover), Caru Truzzi (Ensemble/Violetta Cover), Daruã Góes (Violetta/Ensemble), Lia Canineu (Ensemble/Vivian Ward Cover), Luci Salutes (Scarlett/Ensemble), Mari Saraiva (Ensemble), Moira Osório (Swing), Nina Sato (Swing/Dance Captain), Vannessa Mello (Ensemble/Kit De Luca Cover), Abner Debret (Ensemble/Alfredo Cover), Bruno Albuquerque (Swing), Bruno Sigrist (Alfredo/Ensemble), Daniel Caldini (Swing), Eduardo Leão (Ensemble/Sr. James Morse Cover), Murilo Ohl (Ensemble/Giulio Cover), Pedro Navarro (Ensemble/Phillip Stuckey Cover), Renato Caetano (Ensemble), Silvano Vieira (Ensemble/Giulio Cover) e Tiago Dias (Ensemble).

O elenco é ainda acompanhado por uma orquestra formada por 9 músicos, que tocam piano, guitarra, bateria, violino, viola, violoncelo, baixo e executam ao vivo toda a trilha sonora, incluindo a clássica “Pretty Woman”.

O espetáculo conta com texto de Garry Marshall & J. F. Lawtona, Música e Letras de Bryan Adams & Jim Vallance, e é baseado no filme da Touchstone Pictures escrito por J. F. Lawton. A montagem brasileira conta com a direção artística de Fred Hanson, Jorge de Godoy como diretor musical, Kátia Barros como coreógrafa e Stephanie Mayorkis como produtora geral.

SERVIÇO | UMA LINDA MULHER – O MUSICAL

Dia: A partir de 01 de setembro até 17 de dezembro (conferir no site todas as datas disponíveis)

Horários: Quintas-feiras, às 20h;

Sextas-feiras, às 20h;

Sábados, às 16h e 20h;

Domingos, às 16h e 20h

Local: Teatro Santander

Endereço: Shopping JK Iguatemi – Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041

Classificação etária: Livre, menores de 14 anos acompanhados dos pais ou responsáveis legais.

QUINTAS, ÀS 20H | DOMINGOS, ÀS 20H:

FRISA BALCÃO: R$ 19,80 meia entrada e R$ 39,60 inteira

BALCÃO B: R$ 19,80 meia entrada e R$ 39,60 inteira

BALCÃO A: R$ 75,00 meia entrada e R$ 150,00 inteira

PLATEIA SUPERIOR: R$ 130,00 meia entrada e R$ 260,00 inteira

FRISA PLATEIA SUPERIOR: R$ 130,00 meia entrada e R$ 260,00 inteira

VIP: R$ 180,00 meia entrada e R$ 360,00 inteira

FERIADOS, TODOS HORÁRIOS | SEXTAS, ÀS 20H,| SÁBADOS, ÀS 16H E ÀS 20H |DOMINGO, ÀS 16H:

FRISA BALCÃO: R$ 19,80 meia entrada e R$ 39,60 inteira

BALCÃO B: R$ 19,80 meia entrada e R$ 39,60 inteira

BALCÃO A: R$ 85,00 meia entrada e R$ 170,00 inteira

PLATEIA SUPERIOR: R$ 140,00 meia entrada e R$ 280,00 inteira

FRISA PLATEIA SUPERIOR: R$ 140,00 meia entrada e R$ 280,00 inteira

VIP: R$ 190,00 meia entrada e R$ 380,00 inteira

*Clientes Santander têm 30% de desconto nos ingressos inteiros, limitados a 2 por CPF.

INGRESSOS

Internet (com taxa de conveniência):

https://www.sympla.com.br/

Bilheteria física (sem taxa de conveniência):

Teatro Santander

Horário de funcionamento: Todos os dias das 12h00 às 18h00. Em dias de espetáculos, a bilheteria permanece aberta até o início da apresentação. A bilheteria do Teatro Santander possui um totem de autoatendimento para compras de ingressos sem taxa de conveniência 24h por dia.

Endereço: Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041.

Descontos

50% DE DESCONTO | MEIA-ENTRADA: obrigatória a apresentação do documento previsto em lei que comprove a condição de beneficiário.

30% DE DESCONTO | CLIENTE SANTANDER – Na compra de ingressos realizada por clientes Santander, limitado a 20% da lotação do teatro. Não cumulativo com meia­-entrada. Limitados a 02 (dois) ingressos por CPF. Esta compra deverá ser realizada com cartões do Banco Santander, para compras on-line somente o cartão de crédito Santander, compras na bilheteria e totem, o pagamento com o desconto poderá ser realizado em débito ou crédito. De acordo com o art. 38, inciso I, da Instrução Normativa nº 1, de 20/03/2017 e com base na Lei Federal nº 8.313 (Lei Rouanet) e Decreto nº 5.761, é proibido comercializar o produto cultural (ingressos) em condições diferentes para clientes Santander, das praticadas ao público em geral.

Venda a grupos:

Envie um e-mail para grupos-entretenimento@immbr.com

Premiado espetáculo “Elis, A Musical” volta ao Rio de Janeiro em edição especial comemorativa de 10 anos


Créditos: Divulgação


Com novidades no elenco, figurino e cenografia, o musical promete emocionar, mais uma vez, os espectadores, recriando os momentos mais marcantes da carreira e trajetória pessoal da cantora gaúcha.

No papel de Elis Regina, está a atriz Laila Garin, que viveu a estrela na primeira apresentação da peça em 2013, e Lilian Menezes, que se reveza na interpretação da Pimentinha (como Elis era conhecida). O ator paulistano Flávio Tolezani vive, pela primeira vez, Ronaldo Bôscoli; Fernando Rubro também estreia como Jair Rodrigues (papel que foi de Ícaro Silva em 2013) e Santiago Villalba é Tom Jobim. Cláudio Lins volta a interpretar César Camargo Mariano, segundo marido de Elis e pai da cantora Maria Rita e Pedro Mariano. O texto de Nelson Motta e Patrícia Andrade conta novamente com a direção de Dennis Carvalho, que fez sua estreia no teatro com o aclamado espetáculo.

Dentre as premiações que consagraram o espetáculo, Elis, A Musical recebeu os prêmios de Melhor Espetáculo (Prêmio Reverência), Melhor Direção Musical (Prêmio Cesgranrio), Melhor Produção (Prêmio APTR), Melhor Coreografia e Cenografia (Prêmio Bibi Ferreira) e Melhor Figurino (Prêmio Cenym). A atriz Laila Garin foi reconhecida como Melhor Atriz (prêmios Shell, Bibi Ferreira, Reverência, APCA, QUEM, Cesgranrio e Botequim Cultural).

Serviço

Temporada: 10 de novembro a 10 de dezembro de 2023

Teatro Riachuelo Rio – Rua do Passeio, 40, Centro, Rio de Janeiro

Horários: Quinta às 20h, Sexta às 20h30, Sábado às 16h e 20h, Domingo às 18h.

Duração: 2h15 minutos (15 minutos de intervalo)

Ingressos pela Plataforma Sympla: https://bileto.sympla.com.br/event/85443/d/208705

 

Espetáculo “NOSSO IRMÃO” estreia em SP com Regiane Alves e grande elenco


Crėditos: Pino Gomes


Escrito pelo espanhol Alejandro Melero e com direção de Dan Rosseto, o espetáculo, com montagens na Espanha, Uruguai e Peru, se baseia nos traumas e no humor das relações familiares para convidar ao debate sobre o direito de escolha de pessoas com deficiência ou com transtorno do espectro autista (TEA).

Nosso Irmão conta a história do reencontro dos irmãos Teresa, Maria e Jacinto, após a morte de sua mãe. Na casa da família, onde a matriarca cuidava de Jacinto, que possui uma deficiência intelectual, as irmãs se envolvem em uma busca pelo testamento, que passa a fazer parte de um jogo de interesses em torno dos bens da família e da guarda do irmão. Ao longo do caminho, os três terão que se conhecer novamente enquanto enfrentam os fantasmas, os conflitos e os segredos de família.

Com atuações de Regiane Alves, Marina Elias e Bruno Ferian, os três irmãos precisam desfazer suas mágoas para criar vínculos emocionais verdadeiros e enterrar de vez as lembranças de sua mãe.

“O jogo cênico criado a partir dos embates psicológicos entre os irmãos, faz do público o voyeur da história, observando as cenas de diferentes ângulos e captando variadas nuances do trio”, afirma o diretor Dan Rosseto. “Me interessa, como diretor, captar a dor humana e este texto é potente em trazer diferentes camadas de cada um deles: os traumas, o humor, as feridas não cicatrizadas e questões familiares profundas”.

Esse projeto é realizado pela Mercúrio Cultural através da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio do Alfa Impacta Mais e Apsen Farmacêutica, apoio Think Projetos, Incentiv e Teatro Tucarena.

Serviço

“NOSSO IRMÃO”

Autor: Alejandro Melero

Direção: Dan Rosseto

Elenco: Regiane Alves, Marina Elias e Bruno Ferian

Classificação: 12 anos

Duração: 90 minutos

Gênero: Tragicomédia

Modalidade: Adulto

Temporada: de 03 de novembro a 17 de dezembro

Sexta às 20h30, sábado às 21h e domingo às 18h

Sessões com acessibilidade:

Libras: Todos os sábados

Audiodescrição: Sábado dia 09 de dezembro.

Valores:

Inteira: R$100 | R$ 50 meia
Vendas: www.sympla.com.br

Popular: Inteira: R$ 50 | R$ 25

Info: (11) 3670-8455

Clientes Banco Alfa, Apsen Farmacêutica e Vivo Valoriza possuem 50% de desconto no valor do ingresso normal inteiro.

Local: Tucarena | 288 lugares

Rua Bartira, 347 – Perdizes, São Paulo

Ficha Técnica:

Autor: Alejandro Melero

Direção: Dan Rosseto

Assistente de direção: Carolina Stofella

Elenco: Regiane Alves, Marina Elias e Bruno Ferian

Cenografia: Kleber Montanheiro

Cenotécnico: Evas Carretero

Figurinista: Priscila Soares

Desenho de luz: César Pivetti

Visagismo: Louise Helene

Produção musical: Dri Barea

Operador de luz: César Pivetti

Diretor de palco: Vinicius Hideki

Fotógrafo de estúdio: Pino Gomes

Identidade visual: Leonardo Ferrari

Designer gráfico: João Ares

Mídia Social: D2One

Captação e criação de conteúdo audiovisual: Gatú Filmes (Arthur Bronzato e Gabriel Metzner)

Assessoria de imprensa: Flavia Fusco Comunicação

Tradução: Luzia Ainhoren

Assistente de Produção: Marina Branco

Produção Executiva: Fábio Camara e Rodrigo Lopes

Coordenação Geral: Bruno Ferian

Realização: Mercúrio Cultural

Adriana Birolli estreia comédia NÃO! no Teatro Sérgio Cardoso




O Teatro Sérgio Cardoso, instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo, e gerido pela Associação Paulista dos Amigos da Arte, recebe a atriz Adriana Birolli com o solo NÃO!, uma comédia para quem tem dificuldade de dizer não, nos dias  16, 23 e 30 de outubro,  segundas-feiras, às  19 horas.

O enredo acompanha uma personagem que, depois de 18 anos de terapia, acha que finalmente aprendeu a dizer não, mas no dia da comemoração de seu aniversário se depara com um conflito familiar.

“Dizer não a alguém ou a algo pode despertar tantos questionamentos e temores que é uma espécie de tabu para muita gente”, opina Diogo Camargos, que assina texto e direção do espetáculo.

 

Serviço

NÃO!

Local: Teatro Sérgio Cardoso | Sala Paschoal Carlos Magno

Endereço: R. Rui Barbosa, 153 – Bela Vista

Temporada: 16, 23 e 30 de outubro,  segundas-feiras, às  19hs

Ingressos: R$ 60,00 (inteira) R$30,00 (meia-entrada) | Sympla

Classificação Etária: 12 anos
Duração: 65 minutos

Capacidade da Sala:  143 lugares + 6 espaços de cadeirantes

 

Instagram | Facebook | Site

O Mistério de Feiurinha – O Musical faz sessão extra no Teatro Viradalata


Crédito: Helena Mello


Adaptação para os palcos do livro infanto-juvenil O Fantástico Mistério de Feiurinha, escrito em 1986 por Pedro Bandeira, o espetáculo O Mistério de Feiurinha – O Musical, em cartaz no Teatro Viradalata, apresenta sessão extra no dia 12 de outubro, em celebração ao Dia das Crianças. A peça é produzida por Allan Oliveira, da Dagnus Produções, artista que foi reconhecido em 2022 pela Forbes Under 30, que homenageia jovens talentos brasileiros.

O Mistério de Feiurinha – O Musical investe em uma narrativa musical educativa, visando incentivar a leitura e o conhecimento de títulos literários importantes para o desenvolvimento e cultura infanto-juvenil.

“A minha ideia com a Dagnus Produções é gerar conteúdo não só cultural, como educativo, saímos de Musicais que dialogavam sobre bullying e cyberbullying para trabalhar obras literárias em parceria com o escritor Pedro Bandeira, além de incentivar cultura e leitura nós damos continuidade ao trabalho, levando para escolas e promovendo vida longa do projeto”, afirma Allan Oliveira.

Sinopse
A princesa Feiurinha sumiu misteriosamente! Como sua história não é muito conhecida pelas crianças, ela corre o risco de ser esquecida para sempre. Mas, para que isso não aconteça, todas as princesas encantadas se juntam para salvar a princesinha.

A peça presta uma homenagem aos contos de fadas e aos escritores que contaram e recontaram tais histórias, trazendo também ao público uma bela mensagem sobre a importância da palavra escrita e sobre o costume da contação de histórias dos mais velhos para os mais novos.

Serviço
O Mistério de Feiurinha – O Musical
Temporada: 12 de outubro de  2023, quinta-feira, às  15 horas
Local: Teatro Viradalata (Rua Apinajés, 1387 – Sumaré, São Paulo – SP, 01258-001)
Classificação: Livre
Duração: 60 minutos
Ingressos: R$50 a R$130. Venda pela Sympla

Dois Perdidos numa Noite Suja – Delivery atualiza clássico de Plínio Marcos


Créditos: Nycholas Alves


Escrita em 1966, a peça Dois Perdidos numa Noite Suja, de Plínio Marcos, aborda a precariedade no mundo do trabalho e as práticas de destituição da vida. Em montagem dirigida por José Fernando Peixoto de Azevedo, essa temática é atualizada a partir de uma perspectiva interracial. O espetáculo estreia no Teatro Aliança Francesa em uma temporada que vai de 23 de setembro a 26 de novembro de 2023, com sessões aos sábados, às 20h30 e, aos domingos, às 18h30. Os ingressos custam R$60 (inteira) e R$ 30 (meia).

Com Michel Pereira Lucas RosárioDois Perdidos numa Noite Suja – Delivery mantém o texto de Plínio Marcos na íntegra. Entretanto, os personagens que eram carregadores de caminhão no original se transformaram em entregadores delivery nesta nova proposta.

Além disso, na história dirigida por José Fernando, Tonho é um jovem negro e Paco um jovem branco. Ambos são da periferia e vivem em uma residência estudantil, pois estão lutando para se manter na universidade. “Queríamos atualizar a peça sem alterar o texto. Foi quando o Michel teve a ideia de transformá-los em entregadores. Essa precarização total da vida acaba se revelando um desdobramento daquilo que já aparece no texto de Plínio”, comenta o encenador.

A mistura desses dois universos, verificável hoje na vida universitária, pós-cotas, em que permanência e acolhimento são demandas que emergem num contexto ainda inóspito, dão a ver o tom e a fisionomia de um país em que as promessas de mobilidade social revelam o seu fundo falso no cotidiano.

“Durante a pandemia, ficávamos reclusos nas nossas casas enquanto os entregadores trabalhavam pesado. Muitas matérias foram escritas com essa temática e resolvemos  explorar isso na montagem. Há diversas referências, como o livro “Uberização, trabalho digital e Indústria 4.0” (2020), do sociólogo Ricardo Antunes”,  conta Michel.

Sobre a encenação

Toda a ação acontece dentro de um quarto, que é o espaço habitado pelos protagonistas. No cenário está presente uma cama, que se converte em um objeto de disputa muito importante.

Ao mesmo tempo, existe a presença da câmera como um instrumento complementar à narrativa. Desta vez, o trânsito entre imagens captadas ao vivo e gravadas, desdobram outros aspectos da linguagem cinematográfica em jogo – marca registrada de Azevedo.

O espetáculo é permeado por uma forte sensação de claustrofobia. Tonho e Paco vivem de maneira miserável e lutam diariamente pela sobrevivência. A convivência deles naquele ambiente minúsculo ganha contornos violentos, potencializados por questões relativas ao convívio  interracial.

“Pode-se dizer que Dois Perdidos numa Noite Suja – Delivery é uma continuidade ao trabalho que desenvolvi em Ensaio sobre o Terror. Isso porque as duas peças discutem a dessolidarização entre brancos pobres e negros pobres. E quando colocamos esses dois jovens periféricos morando juntos, em uma situação de igualdade, o que deveria se tornar uma aliança, transforma-se em ressentimento e disputa”, detalha o diretor.

A peça de Plínio Marcos foi escrita com inspiração no conto “O Terror de Roma”, de Alberto Moravia. “A filiação aponta já para um duplo movimento: um realismo, em chave crítica, depurado em linguagem, de um lado, e a intuição sobre a violência como uma instância de terror, de outro”. Esses elementos também dialogam com a pesquisa desenvolvida por Azevedo.

Sinopse

Tonho, um jovem negro, e Paco, um jovem branco, são da periferia e dividem uma residência estudantil. Eles têm um cotidiano ambivalente, entre a chegada na universidade e a dificuldade de permanência. Os dois ganham a vida como entregadores delivery. A mistura insuspeitada desses dois universos, verificável já hoje na vida universitária pós-cotas, dá o tom e a fisionomia de um país no qual as promessas de mobilidade social revelam o seu fundo falso no cotidiano supressivo.

SERVIÇO

Dois Perdidos numa Noite Suja – Delivery

De 23 de setembro a 26 de novembro, aos sábados, às 20h30 e, aos domingos, às 18h30
Teatro Aliança Francesa – Rua Gen. Jardim, 182 – Vila Buarque

Ingressos: R$ 60 (inteira), R$ 30 (meia) e R$20 (lista amiga)
Classificação indicativa sugerida: 16 anos

Duração: 90 minutos

Lotação: 50 lugares

Acessibilidade: elevador