Conheça um pouco da história do Mosteiro de São Bento por meio da comida


Créditos: Wellington Batista


O Mosteiro de São Bento de São Paulo é muito famoso pelo canto gregoriano entoado pelos monges e pela beleza de sua igreja histórica, mas é também conhecido por sua loja onde são comercializados pães, bolos, biscoitos e outras delícias monásticas.

Fonte de renda dos monges, a comercialização dos produtos gastronômicos começou em 1999. O empreendimento deu certo, e dez anos depois, abriu uma filial no bairro dos Jardins, região nobre de São Paulo. Além disso, os mesmos produtos podem ser adquiridos pelo site da padaria: www.padariadomosteiro.com.br, e enviado para todo o Brasil.

Créditos: Wellington Batista

Recentemente, foi publicado um livro com 100 receitas do mosteiro. “Cozinhe com os monges: as tradicionais receitas de entradas, pratos e sobremesas do mosteiro de São Bento”, da Editora Planeta, traz receitas diversas, inclusive do disputadíssimo brunch, evento que ocorre sempre no último domingo do mês, quando os monges abrem as portas ao público para uma refeição especial.

O livro, além das receitas, traz a história da comida no Ocidente, e mais especialmente em São Paulo. São transmitidos relatos históricos sobre o mosteiro e sua relação com a cidade, tudo por meio da comida. Costumes desde quando os monges chegaram em São Paulo, ainda no século XVI e o desenvolvimento do cenóbio em mais de 400 anos. A transformação que o mosteiro sofreu, ocorre paralelamente com as mudanças ocorridas na cidade, que cresceu ao redor da habitação dos monges, que ainda hoje observa a correria dos transeuntes que percorrem o Largo de São Bento.

Créditos: Wellington Batista

“Cozinhe com os monges: as tradicionais receitas de entradas, pratos e sobremesas do mosteiro de São Bento” é uma pesquisa do Monge Dom João Baptista Barbosa Neto, bibliotecário do mosteiro, com a oblata beneditina, Sandra Marina Witkowski.

Você pode adquirir o livro em  https://bit.ly/31BrCzv 

Andréia Bueno

Andréia Bueno

Apaixonada pelas artes em geral, ama registrar cada instante, seja no trabalho ou durante viagens. Já realizou entrevistas com artistas nacionais e internacionais para o Acesso Cultural. Adora conhecer novos lugares e culturas, tendo viajado por 14 países entre o continente europeu, africano e americano.

Facebook Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *