Biblioteca Azul lança nova edição do clássico “1984”


Créditos: Divulgação


A Biblioteca Azul lança nova edição de uma das obras mais influentes da literatura. Um exercício de imaginação escrito em 1948 sobre como o futuro se mostrava ameaçador, “1984“ retrata um mundo de extrema burocracia e autoritarismo, em que telas estão em toda parte observando a rotina das pessoas. Por meio das palavras, a verdade é manipulada e a miséria da população se manifesta na dificuldade de expressão de pensamentos e sentimentos. A leitura deste clássico em nosso tempo leva à pergunta inevitável: quais faces o autoritarismo previsto por George Orwell teria hoje?

No ano de 1984, Londres é uma sombria cidade de Oceânia. O Grande Irmão vigia tudo e todos e a única maneira de manter um segredo é escondê-lo até de si mesmo. Winston Smith está em perigo. Ele é um funcionário do Partido, mas comete a ousadia de manter a memória viva por meio de um diário. Ao lado de sua companheira, reunirá coragem e revolta para combater o sistema vigente por meio de uma organização de resistência ao poder estabelecido.

Com tradução de Bruno Gambarotto, apresentação de Rita von Hunty – do canal Tempero Drag – e artes de Matheus Santa Cruz, 1984 se une a outras duas obras clássicas da distopia publicadas pela Biblioteca Azul: Admirável Mundo Novo e Fahrenheit 451.

Quer saber mais sobre Livros? Clique aqui!

Jaqueline Gomes

Jaqueline Gomes

Jornalista graduada pela Universidade Nove de Julho, é especialista em Jornalismo Cultural, Assessoria de Imprensa e Mídias Sociais. Trabalha na área de comunicação desde 2010. Fundadora do Site Acesso Cultural, sempre quis desenvolver um veículo onde pudesse noticiar o que acontece de novidade no meio do entretenimento cultural. Apaixonada por shows de rock, livros, filmes, séries e animais.

Facebook Instagram

Deixe uma resposta