Br´Oz relança álbum de sucesso e anuncia novo single


Créditos: Tony Santos


O ano é 2003. Uma mistura inédita de pop de harmonizações vocais com tempero cigano, informações latinas, cordas flamencas se coloca entre as cinco mais tocadas no país naquele ano (sendo que foi lançada em outubro) sob o nome de “Prometida”.

O ano é 2021. Uma mistura inédita de pop com beats de trap, timbres reggaeton, violões latinos, percussão brasileira e divisões de vozes estilo KPop será lançada sob o nome de “Insana”. Dezoito anos separam as músicas. E explicam a razão de o grupo responsável por ambas seguir firme e forte na ativa, o Br´Oz.

Na canção inédita que será lançada em 29 de abril, para celebrar a nova fase, brincam na letra com esse salto no tempo em auto-referência: “Tem a mesma brisa que a ‘Prometida’”. Por mesma brisa, entendam o papel pioneiro que o grupo teve quando foi formado, naquele 2003, e que carrega até hoje.

Créditos: Tony Santos

“Quando falamos com o Rick (Bonadio) sobre esta nova fase, durante a pandemia, estávamos discutindo referências e ele falou: ‘vocês nunca seguiram filas ou tendências; vocês é que formam as filas’”, diz Jhean Marcell sobre o produtor que também os une durante a carreira.

Assim foi decidida a estrada desta investida do grupo. Estão presentes quatro dos cinco membros originais: além de Jhean, André Marinho, Matheus Rocha e Oscar Tintel. Apenas Filipe Duarte ficou de fora – desde 2006 até o final de 2020 ele fez parte do grupo Os Travessos, e agora foi para carreira solo.

Após lançarem o platinado álbum de estreia e um segundo disco, o grupo entrou em certa hibernação e voltou ocasionalmente para gravações e apresentações. Só que agora o despertar é pleno.

Como a reclusão da pandemia obrigou o distanciamento e limitou os encontros, foram montando o quebra-cabeças pelo WhatsApp, se encontravam uma vez por mês para os registros necessários e seguiam trabalhando cada qual de suas cidades base – Jhean, em Uberlândia, André e Oscar, no Rio, e Matheus, em Santo André.

Em estúdio, registraram a canção inédita que simboliza a fase atual e regravaram acusticamente e com novos arranjos quatro das que mais fizeram e fazem sucesso do álbum de estreia – “Prometida”, “Se Você não Está Aqui”, “Por um Olhar” e “Preciso”.

Créditos: Tony Santos

As quatro dão bom panorama do arsenal criativo do Br´Oz – vão do cigano (“Prometida”) ao R&B (“Por um Olhar”) e desaguam em baladas deliciosas (“Preciso” e “Se Você não Está Aqui”).

Com a direção artística de Rick Bonadio e colaboração do produtor Renato Patriarca, remasterizaram o restante do primeiro disco para que finalmente componha os catálogos das plataformas de streaming. Ouça aqui.

No horizonte, além de todas essas novidades, enxergam uma turnê (quando a pandemia e vacina permitirem) e mais sons novos, já engatilhados.

“Mesmo durante nossas carreiras individuais, na música a nossa prioridade sempre foi e será o Br´Oz”, diz Jhean. “Insana” é a prova de maioridade da afirmação.

Rodrigo Bueno

Rodrigo Bueno

Fotógrafo formado pela Escola de Fotografia Foto Conceito, já cobriu cerca de 2 mil shows nacionais e internacionais, além de eventos exclusivos como coletivas de imprensa e pré-estreias. Também é Executivo de Negócios, Jornalista, Web Design, Criador e editor de conteúdo de redes sociais.

Facebook Instagram

Deixe uma resposta