‘Gato Andorinha – Um Musical em Retalhos’ reestreia em curta temporada


Créditos: Emerson Jambelli / Isabella Cardoso


A Actuare Produções, com sede em Campinas, traz ao público brasileiro a montagem infanto-juvenil e inédita do Gato Andorinha – Um Musical em Retalhos, com direção geral de Alexandre Biondi, texto original de Biondi adaptação da obra de Jorge Amado e músicas de Raphael Silva, volta para São Paulo no mês de outubro.

Gato Andorinha – Um Musical em Retalhos é uma adaptação do icônico livro de Jorge Amado ‘O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá’. O musical manterá a história central do Gato Malhado e da Andorinha Sinhá, e as nuances para se manter um relacionamento amoroso.

Ao longo das estações do ano, partindo da Primavera nasce e se desenvolve um amor puro e sem barreiras para os amantes, mas sofrido pelos preconceitos, não somente pela distância entre as espécies, como também pela má fama do Gato Malhado, que quase todos do Parque diziam ser responsável por inúmeros crimes não solucionados.

Créditos: Emerson Jambelli / Isabella Cardoso

A Primavera compõe um terço do espetáculo e descrevem o início do romance e como os animais do Parque viam essa relação. Já o verão é curtíssimo, e tem uma razão clara descrita: “Verão dura pouco, assim como a felicidade dos amantes”. O outono é uma análise feita pelo próprio Gato Malhado sobre os últimos acontecimentos no qual ele escreve uma música. Dá-se o início da queda do romance com o encontro da Andorinha Sinhá e o Gato Malhado, na qual ela jura nunca mais o ver.

O inverno é curto e conta o casamento da Andorinha Sinhá com o Rouxinol que por fim acabou não acontecendo. Os últimos relatos são o fim do Gato Malhado e da Andorinha Sinhá que tomaram a direção dos estreitos caminhos que conduzem à encruzilhada do mundo, a última lágrima derramada pela Andorinha Sinhá por abandonar o seu lar. A moral desta história é que o mundo só vai avançar e ser melhor quando as pessoas aceitarem as suas diferenças, sejam elas raciais, sociais, educativas…

Créditos: Emerson Jambelli / Isabella Cardoso

Livre adaptação da obra de Jorge Amado, a história do amor impossível entre um gato de rua e uma linda e amigável andorinha resgata a tradição dos contadores de histórias. Como únicos elementos cênicos, os atores assumem personagens e narração, num jogo teatral lúdico e recheado de canções que mescla humor e lirismo para contar uma fábula de amor e (in)tolerância às diferenças, para crianças e jovens de todas as idades.

SERVIÇO

GATO ANDORINHA – UM MUSICAL EM RETALHOS
De 03 a 31 de outubro de 2021
Domingos às 15h
Teatro Raposo – Sala Irene Ravache
Rod. Raposo Tavares, Km 14,5 – Jd. Boa Vista – São Paulo
Fone: (11) 3732-9006
Vendas pelo Site: www.ingressoparatodos.com.br
Classificação etária: livre (indicado para maiores de 2 anos)
Duração: 70 minutos
Gênero – Musical Infantil

Andréia Bueno

Andréia Bueno

Apaixonada pelas artes em geral, ama registrar cada instante, seja no trabalho ou durante viagens. Já realizou entrevistas com artistas nacionais e internacionais para o Acesso Cultural. Adora conhecer novos lugares e culturas, tendo viajado por 14 países entre o continente europeu, africano e americano.

Facebook Instagram

Deixe uma resposta