Com ação solidária, projeto indígena ‘KUNUMINGUE’ estreia na Galeria Dandi


Créditos: Site Oficial Kunumingue


A peça é baseada nas obras de Olívio Jekupe e com ilustrações criadas por Jaguatirika. O espetáculo conta a história de Tupã Mirim, um Kunumin que nasceu com apenas um braço, mas que deseja fazer tudo aquilo que todos os seus amigos podem, como nadar, caçar, subir em árvores. Em suas andanças pela mata, ele lida tanto com as magias da natureza quanto com os seus perigos. Essa é uma história de aventura, amizade, autoconhecimento e superação e nos carrega, junto de sua personagem principal, para dentro dos mitos e das lendas da cultura indígena.

A efervescente literatura infantojuvenil dos povos originários tem uma grande capacidade para reduzir as imagens pejorativas e desmistificar as diferenças construídas pela história e pela bibliografia oficiais ao longo dos séculos. As crianças, por serem mais abertas às diferenças, podem aprender a respeitar essa nossa diversidade pluriétnica, passando a aceitar naturalmente a ideia de que cada cultura tem a sua própria percepção sobre a vida.

Dessa forma, o projeto visa instigar a busca por mais informações sobre nossas raízes, além de tornar mais acessível essa rica cultura para o público-alvo, através da adaptação da obra do autor brasileiro Olívio Jekupe, por meio da junção da técnica milenar do teatro de sombras com as mídias digitais.

A artista visual Jaguatirika foi convidada para fazer as ilustrações a serem projetadas e, com o intuito de tornar disponível para uma quantidade de espectadores acima do que o espaço comporta, a apresentação acontecerá no terraço da Galeria, com as imagens projetadas na empena – fachada lateral – do prédio localizado à frente, podendo ser vista tanto por quem está dentro da Galeria quanto por pedestres, transeuntes e moradores do entorno.

O espaço Galeria Dandi, inaugurado em novembro de 2019, está localizado em um charmoso sobrado dos anos 30 na esquina das ruas Barão de Tatuí e Palmeiras, no bairro de Santa Cecília, e nasceu com o objetivo de ocupação diversificada e que promova as diversas matizes culturais, além de conservar a tradicional arquitetura daquela época presente em sua fachada e no vitral interno, oferecendo mais um ponto de acesso à cultura na cidade de São Paulo.

FICHA TÉCNICA
Autor: Olívio Jekupe
Ilustrador: Jaguatirika
Ator: João Bresser
Direção Artística: Laura Vinci e Rogério Romualdo
Roteiro e Adaptação: Eduardo Gomes / Felipe Rocha / João Bresser/ Rogério Romualdo
Videoartistas: Coletivo Coletores
Sonoplasta: Ivan Garro
Bonequeiro: Felipe Rocha
Gestor de Projeto: Eduardo Gomes
Produtora: Bia Fonseca
Assessoria de Imprensa: Thais Peres e Beth Gallo
Proponente: Rogério Romualdo
Fotógrafo: Renato Mangolin
Realização: Projeto Foi Contemplado Pelo Edital De Apoio A Projetos Culturais Descentralizado De Múltiplas Linguagens – Secretaria Munícipal De Cultura.

SERVIÇO

KUNUMINGUE
Galeria Dandi (25 lugares)
endereço: R. Barão de Tatuí, 17 – Santa Cecilia
Os ingressos gratuitos serão retirados pelo site www.sympla.com.br
Ingressos solidários: 1 agasalho por ingresso a ser doado para população em situação de rua.
Apresentações: Dias 17, 18 e 19 de junho
Horários: 17h30, 18h30 e 19h30
Duração 45 minutos
Classificação Livre
Instagram @kunumingue / facebook @projetokunumingue / website www.kunumingue.com

Rodrigo Bueno

Rodrigo Bueno

Formado em Marketing pela Universidade Anhembi Morumbi, também é Fotógrafo Cultural pela Escola de Fotografia Foto Conceito, já cobriu cerca de 5 mil shows nacionais e internacionais, além de eventos exclusivos como coletivas de imprensa e pré-estreias. Também é Analista de Marketing Digital, Executivo de Negócios, Jornalista, Web Design, Criador e editor de conteúdo de redes sociais.

Facebook Instagram

Deixe uma resposta