Confira citações de Jane Eyre, obra literária preferida de Anne, da série Anne With An E


Créditos: Divulgação


Quem acompanhou a série da Netflix Anne With An E, percebeu que a protagonista, a ativa Anne, é uma garota com gana de conhecimento. Com uma imaginação fértil, adorava criar e contar histórias para todos ao seu redor. Amante da leitura, tinha como um dos seus livros preferidos “Jane Eyre”, clássico da escritora inglesa Charlotte Brontë. Ambientado na sociedade inglesa do século XIX, a obra conta a história de Jane Eyre, órfã de pai e mãe, que vive com parentes que a desprezam até ser enviada para a instituição de caridade Lowood. Ao completar 18 anos, decide partir para Thomfield e trabalhar como preceptora de Adéle, pupila do irônico e arrogante Edward Rochester. O romance retrata a emancipação da mulher e de seu espírito, escrito em um tempo em que não eram permitidas experiências às mulheres. Jane Eyre é uma das obras literárias mais adaptadas para outras mídias: 16 adaptações cinematográficas, sendo a mais recente em 2011, protagonizada por Mia Wasikowska ( de “Alice No País das Maravilhas”).

Créditos: Divulgação

Se até agora ainda não se convenceu de conhecer mais sobre Jane Eyre, escolhemos algumas citações da obra que com certeza fará você querer ler de imediato. Confira!

“Se tivesse asas e liberdade voaria mais alto que as nuvens”

“Eu não sou um pássaro e nenhuma rede me enlaça. Eu sou um ser humano livre com vontade independente.”

“A vida é curta demais para ser gasta com animosidades, só pensando nos acontecimentos ruins.”

“Eu me lembrava de que o mundo real era vasto, e que uma quantidade enorme de esperanças e medos, de sensações e emoções, estava à espera daqueles que ousassem sair por ele agora, buscando, em meio a seus perigos, o verdadeiro conhecimento do que é a vida.”

“É inútil dizer que os seres humanos devem satisfazer-se com a tranquilidade; eles precisam de ação; e a criarão se não puderem encontrá-la.”

“É muito melhor aguentar um martírio que só a gente sofre do que cometer uma ação cujas consequências irão atingir todos os que nos são caros.”

“Mas eu continuava viva, e a vida, com suas necessidades e dores e responsabilidades, me chamava. O fardo precisava ser carregado, as necessidades satisfeitas, o sofrimento enfrentado, as responsabilidades assumidas.”

Gostou? Então aproveita a leitura e conheça algumas curiosidades da série Anne With An E aqui!

Leina Mara

Leina Mara

Formada em Letras na Universidade Federal do Ceará, apaixonada por cultura italiana, tv, teatro e música. Valoriza as pequenas coisas, momentos com os amigos e sonha em viajar pelo mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *