5 relações fraternais que emocionaram na nossa telinha


Fernanda Vasconcelos, Nicette Bruno e Marjorie Estiano em A Vida da Gente | Créditos: TV Globo


Que um romance em uma novela é importante, sim é! Mas não é o único fator para tornar uma trama inesquecível. Os dramas e as diferentes relações que se desenvolvem entre os personagens são fundamentais para um bom folhetim, a relação entre irmãos, por exemplo, é uma delas. Conflituosa, profunda e apoiada em um bom texto, pode prender firmemente a atenção dos telespectadores. Por isso, decidimos enumerar aqui cinco relações fraternais que comoveram o público.

1 – Ana e Manu ( A Vida da Gente)
Na trama de estreia de Lícia Manzo, as irmãs Ana (Fernanda Vasconcellos) e Manu (Marjorie Estiano) tem uma ligação muito forte. Apesar da equação maldosa proposta pela mãe Eva (Ana Beatriz Nogueira) de dar tudo a uma e nada a outra, as jovens se mantinham sempre unidas. Mas um acidente e, logo após, um triângulo amoroso formado com um irmão adotivo Rodrigo (Rafael Cardoso), põem em cheque a relação das duas. Entretanto, o amor sempre vence e no final, depois de todas as adversidades, a relação das irmãs se fortalece ainda mais.

5 relações fraternais que emocionaram na nossa telinha
Créditos: Rede Globo

2 – Estela, Diná e Alexandre (A Viagem)
Na novela espírita de Ivani Ribeiro, Diná (Christiane Torloni) tinha adoração pelos irmãos. Com Estela (Lucinha Lins), sua ligação era praticamente telepática, sempre sentindo quando a irmã estava precisando de ajuda. Já com Alexandre (Guilherme Fontes), seu amor foi além da vida, quando mesmo após sua morte, não sossegou enquanto não o tirou do Vale dos Suicidas e o levou ao Nosso Lar.

5 relações fraternais que emocionaram na nossa telinha
Créditos: Rede Globo

3 – As irmãs Benedito (Orgulho e Paixão)
Inspirada em obras da escritora inglesa Jane Austen, as irmãs Elisabeta (Nathalia Dill), Jane (Pamela Tomé), Cecília (Anaju Dorigon), Mariana (Chandelly Braz) e Lídia (Bruna Griphao) eram sinal de empoderamento e sororidade. Apesar de terem personalidades tão distintas, elas se mantinham unidas e sempre dispostas a defender umas as outras.

5 relações fraternais que emocionaram na nossa telinha
Créditos: Rede Globo

4 – Filhos do doador 251 (Sete Vidas)
Após descobrir ser adotada, Júlia (Isabelle Drummond) sai em busca de sua origem. Ao saber que foi concebida através de um doador de sêmen, intitulado doador 251, a jovem tenta a todo custo descobrir sua identidade. O que não se dá conta é que além de pai, ela também encontra mais seis irmãos. Assim, Júlia, Pedro (Jayme Matarazzo), Laila (Maria Eduarda), Luís (Thiago Rodrigues), Bernardo (Guilherme Lobo), Felipe (Michel Noher) e o pequeno Joaquim (Bernardo Berruezo) tentam encontrar formas de criar laços e conviver com essa nova realidade. O desenvolvimento dessa relação é linda e emocionou o público durante a novela.

5 relações fraternais que emocionaram na nossa telinha
Créditos: Rede Globo

5 – Helena, Hilda e Heloísa (Mulheres Apaixonadas)
A relação dessas irmãs passam por momentos conturbados durante o folhetim. De câncer de mama a surtos por amar ao extremo o companheiro, elas encontram uma nas outras abrigo e força para continuar seguindo em frente.

5 relações fraternais que emocionaram na nossa telinha
Créditos: Rede Globo

Gostaram? E você, lembra de alguma outra relação fraternal que te emocionou na TV? Comente!

Leina Mara

Leina Mara

Formada em Letras na Universidade Federal do Ceará, apaixonada por cultura italiana, tv, teatro e música. Valoriza as pequenas coisas, momentos com os amigos e sonha em viajar pelo mundo.

Facebook Instagram

Deixe uma resposta