“Protagonistas Invisíveis” estreia no Arte 1


Créditos: Rafael Gratieri


Cenotécnicos, maquinistas, contrarregras, operadores de som e de luz, camareiras, diretores de palco, profissionais tão fundamentais para a realização dos espetáculos. Muitas vezes não são lembrados ou até mesmo esquecidos do público, todavia são eles que fazem o “show acontecer”. Por esse motivo o ator, diretor e iluminador André Grecco criou o documentário “Protagonistas Invisíveis“, dirigido por Adriana S. Lopes. A série está disponível no canal Arte 1. A cada semana um novo episódio vai ao ar sempre aos domingos às 20h até o dia 21 de fevereiro.

Protagonistas Invisíveis” conta com uma série de entrevistas durante 14 episódios, na qual cada capítulo tem como protagonista um profissional compartilhando sua história, lembranças e conhecimentos, mostrando uma recordação coletiva dos bastidores dos teatros da cidade de São Paulo. As entrevistas foram conduzidas buscando espontaneidade, um tom divertido e a memória emotiva sobre os fatos que foram contados. Através das narrativas de criações, desafios enfrentados em montagens de palco e histórias interessantes de bastidores, os espectadores poderão compreender melhor o funcionamento de uma produção em dia de espetáculo e a importância desses profissionais.

Apesar de geralmente estarem no escuro das coxias, cabines, camarins e maquinarias devem ser vistos como artistas, estando cada vez mais integrados às etapas de criação, inclusive, em cena em alguns espetáculos contemporâneos. Mesmo com tamanha importância, o registro histórico ainda é escasso e os cursos especializados são raros no Brasil. “Há pouco tempo tem surgido escolas de teatro que profissionalizam também técnicos e não somente atores e diretores. É fundamental olhar para esses profissionais como artistas gerando um material de pesquisa que possa apresentar conteúdo histórico dessa geração de técnicos dos nossos teatros para os que vêm por aí” relata André Grecco.

O documentário trará à luz as narrativas e conhecimentos de personalidades que atuam nos teatros de São Paulo nos últimos 50 anos, os protagonistas invisíveis. “Mostraremos a grande mudança dos últimos tempos: do analógico ao digital e o quanto isso mudou a vida destes profissionais e ao mesmo tempo como eles lidaram com isso, sendo o teatro uma arte tão artesanal. São homens e mulheres de teatro, apaixonados por suas profissões e que, na maioria das vezes, não percebermos suas presenças é sinônimo de sua excelência na profissão“.

As entrevistas foram gravadas no teatro em que o entrevistado trabalha ou trabalhou durante o maior tempo de sua carreira, apresentando imagens dos espaços do seu cotidiano. No plano geral, apenas o entrevistado é enquadrado, com registros também em plano médio, primeiro plano e plano detalhe. O entrevistador aparece em planos abertos de making of da entrevista. Imagens da prática profissional e do acervo pessoal do entrevistado foram captadas e incluídas, assim como depoimentos de colegas de trabalho também foram registrados em plano médio para inserções no episódio.

Além do documentário de 14 episódios será gerado um filme com uma compilação desses depoimentos e um livro com histórias extras e fotos dos bastidores.

Os profissionais que estarão presentes nesses 14 episódios são (em ordem de exibição):

PROTAGONISTAS INVISÍVEIS: PELÉ, TEATRO MUNICIPAL EP.1

Aníbal Marques, conhecido como Pelé, é gestor de cenotécnica do Theatro Municipal de São Paulo há mais de quatro décadas e revela os bastidores de um dos teatros mais importantes do Brasil.

PROTAGONISTAS INVISÍVEIS: ELISETE JEREMIAS, TEATRO OFICINA EP.2

Vencedora do Prêmio Shell de Teatro, Elisete Jeremias é diretora de cena e fala sobre o seu método de trabalho levando em conta suas experiências, principalmente no Teatro Oficina onde atua desde 1996.

"Protagonistas Invisíveis" estreia no Arte 1
Créditos: Rafael Gratieri

PROTAGONISTAS INVISÍVEIS: SERGINHO, TEATRO DO SESI-SP EP.3

Prestes a se aposentar, o diretor de palco Sérgio Nicanor Teixeira relembra sua carreira de quase 30 anos no Teatro do Sesi-SP e grandes nomes da cena artística brasileira.

PROTAGONISTAS INVISÍVEIS: CIDA, TEATRO OFICINA EP.4

Camareira do Teatro Oficina há 20 anos, Maria Aparecida Magalhães de Mello, a Cida, conta as histórias por trás das roupas da companhia teatral do diretor Zé Celso.

PROTAGONISTAS INVISÍVEIS: SONIA USHIYAMA SOUTO, TEATRO OFICINA EP.5

Figurinista e maquiadora do Teatro Oficina há uma década, Sonia Ushiyama Souto apresenta o figurino como elemento-chave na arte de contar histórias.

PROTAGONISTAS INVISÍVEIS: RANDAL JULIANO, FREELANCER EP.6

O freelancer Randal Juliano discorre sobre o seu trabalho como técnico de som e sound designer, incluindo trabalhos como as Olimpíadas de 2016 e a inauguração da Sala São Paulo.

PROTAGONISTAS INVISÍVEIS: REYNALDO THOMAZ, ESPAÇO PARLAPATÕES EP.7

Coordenador técnico do Espaço Parlapatões, Reynaldo Thomaz mostra o cotidiano em um dos mais importantes teatros da cena independente de São Paulo.

PROTAGONISTAS INVISÍVEIS: MÁRCIO MAHAKALA, TEATRO SÉRGIO CARDOSO EP.8

Maquinista do teatro Sérgio Cardoso, Márcio Mahakala revisita suas memórias e relata o início da profissão como ator e a transição para técnico de palco.

PROTAGONISTAS INVISÍVEIS: MAURO MARTORELLI, FREELANCER EP.9

Diretor de arte, cenógrafo, iluminador, aderecista e ex-técnico do Teatro de Arena, Mauro Martorelli relembra sua trajetória como profissional autônomo.

PROTAGONISTAS INVISÍVEIS: SEU OSVALDO, CCSP EP.10

Conhecido como mestre, Osvaldo Ferreira Dias é cenotécnico do Centro Cultural São Paulo desde a sua inauguração, em 1982, e narra as mudanças que presenciou.

PROTAGONISTAS INVISÍVEIS: HÉLIO SCHIAVON, TEATRO PORTO SEGURO EP.11

Diretor técnico dos teatros Porto Seguro e Eva Herz-SP, Hélio Schiavon Júnior explica os desafios da profissão na hora de realizar um espetáculo teatral.

PROTAGONISTAS INVISÍVEIS: RAFAEL BICUDO, FREELANCER EP.12

Diretor de cena, professor, pesquisador, cenógrafo, figurinista e encenador, Rafael Bicudo aborda as múltiplas faces da profissão de técnico de palco.

PROTAGONISTAS INVISÍVEIS: ALMIR AGUSTINELLI, THEATRO SÃO PEDRO EP.13

Técnico de som do Theatro São Pedro, Almir Rogério Agustinelli revisita o caminho que percorreu desde quando começou como músico até se tornar técnico de palco.

PROTAGONISTAS INVISÍVEIS: EDIVALDO JOSÉ DA SILVA, SALA SÃO PAULO EP.14

Iluminador da Sala São Paulo, Edivaldo José da Silva fala sobre os desafios da profissão e recorda o início de sua carreira no Teatro Cultura Artística, onde trabalhava quando o espaço pegou fogo.

Quer saber mais sobre Séries? Clique aqui!

Rodrigo Bueno

Rodrigo Bueno

Fotógrafo formado pela Escola de Fotografia Foto Conceito, já cobriu cerca de 2 mil shows nacionais e internacionais, além de eventos exclusivos como coletivas de imprensa e pré-estreias. Também é Executivo de Negócios, Jornalista, Web Design, Criador e editor de conteúdo de redes sociais.

Facebook Instagram

Deixe uma resposta