Rumo às Estrelas, série com olhar raro sobre a NASA, ganha trailer


Créditos: NASA | Disney


O serviço de streaming Disney+ revelou sua mais nova série original Rumo às Estrelas, que estreia na quarta-feira, 6 de outubro, com todos os episódios, exclusivamente na plataforma. A série documental, produzida pela Fulwell 73, apresenta o astronauta da NASA Capitão Chris Cassidy ao embarcar em sua última missão.

Através de filmagens íntimas, diários pessoais em vídeo e filmagem em livestream – tanto na Terra como no espaço – a produção mostra também a importância da equipe de engenheiros, controladores de voo e especialistas, que assumem missões perigosas e inspiradoras como essa para o bem maior.

Acompanhando os sucessos e fracassos das equipes ao longo de dois anos, Rumo às Estrelas oferece acesso aos bastidores da missão da NASA de reparar uma experiência científica de 2 bilhões de dólares, o Espectrômetro Magnético Alpha (AMS, por sua sigla em inglês), que tem como objetivo revelar as origens do universo. Para consertar o AMS, Cassidy e sua equipe devem empreender uma série de complexas caminhadas espaciais, mas a história rapidamente se torna um conto sobre a equipe mais ampla da NASA, seus papéis nesta ousada missão e a busca coletiva pelo sucesso.

Filmada com diferentes agências espaciais em todo o mundo – do Centro Espacial Johnson da NASA em Houston (Texas) à Agência Espacial Europeia em Colônia (Alemanha), passando pela Agência de Exploração Aeroespacial Japonesa nos arredores de Tóquio e a Agência Espacial Russa em Star City – os espectadores são transportados ao redor do mundo enquanto acompanham o Capitão Cassidy em seu treinamento para partir para Estação Espacial Internacional. Com sua equipe em terra sob imensa pressão para finalizar tudo, sua última missão logo se torna incerta à medida que o mundo entra em isolamento pela COVID-19.

Rumo às Estrelas vai além dos trajes espaciais, apresentando os astronautas e engenheiros de todo o mundo, incluindo o astronauta parceiro de Cassidy, Luca Parmitano, da Agência Espacial Europeia; Drew Morgan, um astronauta novato da NASA que tem a chance de uma vida inteira de reparar o MAS; Emily Nelson, diretora de voo do MAS e 10ª diretora mulher de voo da NASA; Heather Bergman, gerente de ferramentas de caminhada espacial do AMS da NASA , que lidera uma equipe dedicada a criar ferramentas de caminhada espacial; o professor Samuel Ting, vencedor do Prêmio Nobel por descobrir a partícula subatômica e inventor do AMS; e Ken Bollweg, gerente de projeto do MAS, que trabalhou lado a lado com o professor Ting na experiência AMS desde seu início, há 25 anos.

A série captura o último baluarte da era anterior de viagens espaciais através de astronautas de ônibus espacial, atravessa o que o futuro reserva com os planos da NASA de retornar à lua e suas novas parcerias comerciais empurrando as agências ainda mais para o espaço.

Produzida pela Fulwell 73 Productions para o Disney+, Rumo às Estrelas tem Ben Turner como diretor e produtor executivo, além de Gabe Turner, Leo Pearlman, Will Gluck e Richard Schwartz que também atuam como produtores executivos.

Andréia Bueno

Andréia Bueno

Apaixonada pelas artes em geral, ama registrar cada instante, seja no trabalho ou durante viagens. Já realizou entrevistas com artistas nacionais e internacionais para o Acesso Cultural. Adora conhecer novos lugares e culturas, tendo viajado por 14 países entre o continente europeu, africano e americano.

Facebook Instagram

Deixe uma resposta