Chaves – Um Tributo Musical reestreia em janeiro


Créditos: Rafael Beck / Divulgação


E Zás… Ele está voltando!!! Após temporada de sucesso com público superior a 35 mil pessoas, o espetáculo Chaves – Um Tributo Musical volta para nova temporada, a partir de 10 de janeiro no mesmo local, Teatro Opus, localizado no Shopping Villa-Lobos, em São Paulo. O musical homenageia o gênio da comédia Roberto Gómez Bolaños e todo o seu legado, que diverte e emociona diferentes gerações até hoje.

Esta é a primeira grande produção dessa natureza endossada e licenciada pelo Grupo Chespirito, e pelo SBT. A montagem surpreende os fãs do seriado – e o público em geral – com roteiro original da diretora musical Fernanda Maia e direção geral de Zé Henrique de Paula, ambos conhecidos por musicais como Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812 e Urinal – o musical. A coreografia original é de Gabriel Malo. No repertório, o musical foi recheado de canções clássicas da série e composições inéditas.

Créditos:  Stephan Solon

O gênio da comédia Roberto Gómez Bolaños conquistou crianças e adultos do mundo inteiro com seu humor simples e carismático, criando personagens que serviram de inspiração para diferentes gerações de atores, comediantes e escritores. Para isso, teve como referência (e homenageou) nomes clássicos da comédia. É possível encontrar registros do artista mexicano compondo esquetes que fazem alusão a humoristas como Charles Chaplin, Jerry Lewis e à dupla Oliver Hardy e Stan Laurel (O Gordo e o Magro).

Foi assim que surgiu a ideia de se criar um roteiro inédito que não apenas trouxesse de volta aquela atmosfera lúdica, inocente e saudosista da vila da série, mas que também desse pitadas da vida de Bolaños e de sua trajetória como um grande mestre das artes cênicas e do clown.

Mesmo não se tratando de um “episódio do Chaves transposto para os palcos”, e sim de uma homenagem com uma história inédita, o musical reproduz fielmente o cenário mais conhecido da carreira de Bolaños – a Vila do Chaves -, e causa comoção ao público quando aparece em cena pela primeira vez.

Créditos: Stephan Solon

Além de Chaves, muitos outros personagens icônicos aparecem em cena para o público se deliciar com as presepadas de Seu Madruga, Quico, Chiquinha, Sr. Barriga, entre outros. Os espectadores também podem esperar boas surpresas durante as apresentações.

Uma série de itens raros do universo Chaves no Brasil

Para ambientar o público ainda mais antes do início do espetáculo, uma exposição sobre Chespirito foi criada com o objetivo de oferecer um panorama da vida e da obra de Roberto Gómez Bolaños através de imagens, fotografias e objetos do acervo pessoal do criador do personagem cômico mais icônico do México – e da América Latina também. Inspirada nas cores da Vila e do figurino do Chaves, a exposição ocupará o foyer do Teatro Opus e permanecerá aberta ao público durante toda a temporada de Chaves – Um Tributo Musical.

Serviço
CHAVES – UM TRIBUTO MUSICAL

De 10 a 19 de Janeiro de 2020
Sessões:
Quinta-feira: 16h
Sexta-feira, 20h
Sábado, 16h e 20h
Domingo, 16h

Duração: 120 minutos (com 15 minutos de intervalo)
Classificação: Livre
Teatro Opus
4º Piso do Shopping Villa-Lobos
Av. das Nações Unidas, 4777 – Alto de Pinheiros – São Paulo, SP – https://www.teatroopus.com.br

Ingressos: de R$ 37,50 a R$ 120,00

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:
Site: www.uhuu.com

Atendimento: falecom@uhuu.com

Bilheteria Teatro Opus 4º Piso do Shopping Villa-Lobos
Av. das Nações Unidas, 4777 – Alto de Pinheiros – São Paulo, SP.
De terça a domingo, das 12h às 20h.

Chaves – Um Tributo Musical estreia este mês


Créditos: Rafael Beck / Divulgação


O espetáculo Chaves – Um Tributo Musical já tem sua estreia marcada para o dia 23 de agosto, no Teatro Opus (Shopping Villa-Lobos), em São Paulo. O musical homenageará o gênio da comédia Roberto Gómez Bolaños e todo o seu legado, que diverte e emociona diferentes gerações até hoje.

A montagem promete surpreender os fãs do seriado – e o público em geral – com roteiro inédito da diretora musical Fernanda Maia e direção geral de Zé Henrique de Paula. O espetáculo será permeado por canções clássicas da série e composições inéditas.

Créditos: Rafael Beck / Divulgação

O gênio da comédia Roberto Gómez Bolaños conquistou crianças e adultos do mundo inteiro com seu humor simples e carismático, criando personagens que serviram de inspiração para diferentes gerações de atores, comediantes e escritores. Para isso, teve como referência (e homenageou) nomes clássicos da comédia. É possível encontrar registros do artista mexicano compondo esquetes que fazem alusão a humoristas como Charles Chaplin, Jerry Lewis e à dupla Oliver Hardy e Stan Laurel (O Gordo e o Magro).

Mesmo não se tratando de um “episódio do Chaves transposto para os palcos”, e sim de uma homenagem com uma história inédita, o musical irá reproduzir fielmente o cenário mais conhecido da carreira de Bolaños – a Vila do Chaves -, com curadoria do Grupo Chespirito e SBT, para envolver o público ainda mais na memória afetiva do mundo do seriado. Além de Chaves, muitos outros personagens icônicos estarão no palco do Teatro Opus e o público irá se deliciar com as presepadas de Seu Madruga, Quico, Chiquinha, Sr. Barriga, entre outros. Os espectadores também podem esperar boas surpresas durante as apresentações.

CHAVES – UM TRIBUTO MUSICAL
Apresentado por Ministério da Cidadania e UOL
Realização: Adriana Del Claro e Move Concerts

Estreia: 23 de agosto de 2019

Sessões:
Sexta-feira, 21h
Sábado, 16h e 20h
Domingo, 15h e 19h

Duração: 120 minutos (com 15 minutos de intervalo)
Classificação: Livre

Teatro Opus
4º Piso do Shopping Villa-Lobos
Av. das Nações Unidas, 4777 – Alto de Pinheiros – São Paulo, SP – https://www.teatroopus.com.br

Joias do Ballet Russo retorna ao Brasil para duas apresentações em SP


Créditos: Divulgação


Nascido na Itália, desenvolvido na França e popularizado na Rússia, o ballet se tornou uma dança única, com significado de beleza e classe. Pela primeira vez no Brasil, o Gala Ballet International une todas as correntes históricas e técnicas em um espetáculo único.

As apresentações, que acontecem nos dias 7 e 8 de agosto, no Teatro Opus, em São Paulo, presenteiam o público com a oportunidade de ver o trabalho de estrelas de danças das escolas mais importantes do mundo juntos, em uma festa de gala inédita no País. Os ingressos continuam à venda pelo site Uhuu.com. Mais informações no serviço abaixo.

Créditos: Divulgação

Assim, o Gala Ballet International contará com a participação de solistas da Itália, França, Alemanha, Japão e dos mais importantes teatros russos: o Bolshoi, Mariinsky e Mikhaylovsky, que interpretam os momentos mais brilhantes e queridos pelo público do repertório universal. Uma oportunidade para apreciar, em toda a sua qualidade artística, o esplendor das seis academias de ballet mais importantes do mundo. No repertório, os clássicos Lago dos Cisnes, O Corsário, O Quebra-Nozes e mais.

Serviço

Teatro OPUS
Data: 7 e 8 de agosto (quarta e quinta-feira), às 21h
Endereço: (Av. das Nações Unidas, nº 4777 – Alto de Pinheiros/ 4o piso – Shopping Villa-Lobos)
www.teatroopus.com.br

INGRESSOS:

Balcão Nobre R$ 240,00 R$ 120,00
Plateia Alta R$ 180,00 R$ 90,00
Plateia Baixa R$ 140,00 R$ 70,00

Duração: 100 minutos (intervalo de 20 minutos)
Classificação: livre

ATENÇÃO: Não será permitida a entrada após o início do espetáculo.

Capacidade: 751 pessoas
Acesso para deficientes

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:

BILHETERIA OFICIAL – SEM TAXA DE SERVIÇO
Local: Foyer do Teatro Opus – 4º andar – Shopping Villa-Lobos
Av. das Nações Unidas, 4777 – Alto de Pinheiros – São Paulo, SP.
De terça a domingo, das 12h às 20h

A Bilheteria do Teatro, no terraço do Shopping Villa-Lobos, abre somente em dias de espetáculos, a partir das 14h.

OUTROS PONTOS DE VENDA – COM TAXA DE SERVIÇO

Site: www.uhuu.com

Resenha: Circo Turma da Mônica – Brasilis


Créditos: Divulgação


Segue em cartaz até o início de agosto no Teatro Opus em São Paulo, Circo Turma da Mônica – Brasilis, a nova superprodução musical da Maurício de Sousa Produções. Com a brilhante direção de Mauro Sousa, o espetáculo celebra a diversidade e riquezas culturais brasileiras.

Com um elenco repleto de estrelas, Brasilis é protagonizado por ícones como Fafy Siqueira e Paula Lima. Fafy dá vida à “Vó Dita”, personagem inspirada na avó de Maurício de Sousa, e que conduz a história, interpretando a avó de Chico Bento. Vó Dita é uma contadora de histórias sobre a cultura e o folclore brasileiro.

Créditos: Divulgação

Por sua vez, Paula Lima, solta a a voz, ao vivo, nas canções ao longo do espetáculo, todas inéditas e autorais, criadas nos estúdios da MSP. Passeando pelas cinco regiões do Brasil, o espetáculo enaltece a pluralidade ( seja na  culinária, dança, folclores, entre outros) e as diferenças existentes em cada canto do nosso país.

Em um mix de teatro e circo, Brasilis conta também com artistas circenses que abrilhantam os números que compõe a produção. Além de Chico Bento, Mônica, Magali, Cebolinha e Cascão, o musical conta com a participação dos personagem Papa – Capim, Jurema e a nova personagem , Milena.

Créditos: Divulgação

O cenário e a trilha sonora são um show à parte. Repleto de cores e com letras que remetem à cultura, a mensagem que Brasilis passa é de que é primordial amar e principalmente, saber respeitar as diferenças. Com uma versão moderna da Turma da Mônica, a produção leva o público a refletir sobre valores, família e nosso papel na sociedade e no planeta. Com sua inconfundível batida, o grupo Olodum encerra o espetáculo com chave de ouro.

A turnê terá duração de seis meses e percorrerá dez cidades dentre as cinco macrorregiões do País, totalizando mais de 80 apresentações. Após a temporada em São Paulo, o Brasilis – um espetáculo do Circo Turma da Mônica segue para Belém (PA), Fortaleza (CE), Natal (RN), Recife (PE), Brasilia (DF), Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ) e Porto Alegre (RS). As informações de teatros, datas, horários de sessões e valores de ingressos, já podem ser conferidas por meio do site www.circoturmadamonica.com.br .

SERVIÇO

São Paulo – até 04/08  – Teatro Opus
Belém – 16/08 a 18/08 – Teatro Sesi
Fortaleza – 23/08 a 25/08 – Teatro RioMar Fortaleza
Natal – 30/08 a 31/08 – Teatro Riachuelo
Recife – 6/09 a 7/09 – Teatro RioMar Recife
Brasília – 14/09 a 15/09 – Teatro Ulysses Guimarães
Curitiba – 21/09 a 22/09 – Teatro Positivo
Belo Horizonte – 28/09 a 29/09 – Sesc Palladium
Rio de Janeiro – Temporada de 5/10 a 27/10 – VillageMall
Porto Alegre – 1 a 3/11 – Teatro Bourbon Country

Valores depende de cidade para cidade.

A partir de R$ 37,50

Site para consulta e compra: www.circoturmadamonica.com.br.

“Pacto – A História de Leopold e Loeb” volta à SP em curtíssima temporada


Créditos: Divulgação


Até hoje, a história de Leopold e Loeb impressiona o mundo. O crime cometido pelos dois jovens em 21 de maio de 1924, em Chicago, choca por sua perspicácia e frieza. O real motivo, ocultado por um tempo, é revelado por Leopold após 30 anos de prisão, na tentativa de conseguir a liberdade condicional. Ele afirma que o único objetivo era provar que eram capazes de cometerem o crime perfeito e estarem acima da lei do homem.

Inspirados pela filosofia de Friedrich Nietzsche, ambos cometeram o que ficou conhecido mundialmente como O CRIME DO SÉCULO. Sequestraram e assassinaram Bobby Franks, um garoto de apenas 14 anos de idade, vizinho e parente de Loeb. Leopold escreve antes de cometer o crime: “Um super-homem (…) é, em virtude de certas qualidades superiores inerentes a ele, isento das leis comuns que regem os homens. Ele não é responsável por qualquer coisa que ele possa fazer”. O caso serviu de inspiração para muitos autores e obras. O clássico de Hitchcock Festim Diabólico é um exemplo, assim como o filme que dialoga com o mesmo, Cálculo Mortal. Ao longo dos anos, outras obras foram inspiradas: Compulsion, romance de Meyer Levin, a peça Rope de Patrick Hamilton e ainda nos dias atuais, episódios da série Law and Order.

Créditos: Divulgação

Encenado no Off-Broadway, Thrill Me – The Leopold and Loeb Story (no original), recebeu excelentes críticas e inúmeras indicações a prêmios, incluindo de Melhor Musical pelo Drama Desk Award, e já foi realizado em vários países como Coréia do Sul, Grécia, Austrália, Japão, Espanha, Alemanha, Bélgica, Escócia, Áustria, Canadá, Argentina, China e agora recebe sua primeira montagem no Brasil.

“De tirar o fôlego. Extremamente virtuoso”, destacou o jornal The New York Times. “Um musical habilidoso e sofisticado. Emocionante” publicou o London Evening Standard, e foi exatamente este universo fascinante que atraiu os atores idealizadores Leandro Luna e André Loddi. Deste encontro nasce o musical, que agora, ganha os palcos do Teatro Porto Seguro com realização da produtora Néctar Cultural. O espetáculo é dirigido pelo premiado diretor do Núcleo Experimental, Zé Henrique de Paula, que recebeu o Prêmio APCA e Arte Qualidade Brasil por Urinal – O Musical, espetáculo de grande sucesso de público e crítica, e a Direção Musical é assinada por Guilherme Terra.

No elenco de Pacto, Leandro Luna – vencedor do Prêmio Bibi Ferreira 2016 de Melhor Ator pelo espetáculo Meu Amigo, Charlie Brown – Um Musical da Broadway, no papel do carismático Charlie Brown – interpreta Nathan Leopold, e comenta: “quando terminei de ler o roteiro pela primeira vez, fiquei em êxtase, dominado pela vontade de topar o desafio de contar essa história nos palcos, e, ao mesmo tempo, senti uma emoção e comoção muito grandes com o fato dessa história ter sido verídica, o que me instiga a pensar sobre os limites da consciência humana.” E André Loddi, no papel de Richard Loeb, comenta: “já conhecia esse musical há alguns anos, e hoje vejo como ele é único. É raro encontrar uma obra musical com personagens e dramaturgia tão densas e complexas como Pacto”.

O musical tem texto, música e letras assinados por Stephen Dolginoff. Formado pela Universidade de Nova Iorque – Tisch School Of The Arts; com bacharelado em Dramatic Writing recebeu indicação ao Drama Desk Award por melhor musical e melhor roteiro musical; indicação ao Outer Critics Circle Award por melhor musical Off-Broadway; e recebeu o prêmio de ASCAP Music Award pela produção Nova Iorquina de THRILL ME: THE LEOPOLD AND LOEB STORY, no York Theatre Company. Também escreveu e compôs o ONE FOOT OUT THE DOOR, JOURNEY TO THE CENTER OF THE EARTH e MOST MEN ARE, e contribuiu para letras das músicas de Kenward Elmslie pela produção Off-Broadway revew LINGOLAND.

Serviço

PACTO:

A HISTÓRIA DE LEOPOLD E LOEB

Teatro Opus (720 lugares)

Av. das Nações Unidas, 4777

Shopping Villa Lobos – Alto de Pinheiros

Informações: (11) 2340.5678

Bilheteria: 4º Piso do Shopping Villa-Lobos – De terça a domingo, das 12h às 20h.

Estacionamento: Possui fácil acesso pela Marginal Pinheiros, e oferece um amplo estacionamento, dividido entre os três pavimentos subterrâneos e a área externa. O VillaValet, diferenciado serviço de estacionamento com manobristas, fica no piso G1 e oferece aos seus clientes espaço climatizado para espera dos veículos e equipado com conexão wi-fi gratuita. Acessibilidade

Vendas: www.uhuu.com.br

Quartas e Quintas às 21h

*Sessões extras dias 09 e 30 de julho, terças, às 21h*

Ingressos:

R$ 70

Duração: 80 minutos

Classificação: 14 anos

Gênero: Musical

Estreou dia 11 de Julho de 2018

Curta Temporada: de 03 de julho até 01 de agosto

Comédia As Atrizes, de Juca de Oliveira, confirma temporada em São Paulo


Créditos: Priscila Prade


A comédia de Juca de Oliveira teve sua primeira encenação em 1991 com Tônia Carrero, Lucélia Santos, Mauro Mendonça, Osmar Prado e Márcia Cabrita no elenco. A montagem atual, com direção de Léo Stefanini, recebeu revisão e atualização no texto para abordar conflitos mais ligados ao universo feminino, como sexualidade, traição e maturidade, mostrando também o embate artístico entre uma atriz consagrada, que conquistou o respeito de seu público, e outra mais jovem e preocupada com o número de seguidores em suas redes sociais.

A história se passa no universo artístico, mas poderia ser perfeitamente ambientada em qualquer ambiente de trabalho. As questões retratadas são absolutamente universais e engraçadas, mostrando os personagens vivendo à beira do caos. Marilda Ziliat (Angela Dippe) é uma grande atriz de meia-idade, consagrada no teatro, que vive um momento crítico da sua vida pessoal e profissional. Está insegura porque a televisão, e os homens, preferem atrizes mais jovens. É casada com Igor (Ary França), um diretor de teatro que se encanta pela jovem Irma.

Créditos: Divulgação

Irma (Renata Ricci) é uma atriz ambiciosa que sonha com o estrelato, mas obtém papeis inferiores às suas pretensões em teatros vazios de público e de repercussão. Ela entra no jogo de Igor para conseguir o que quer, embora viva com Cláudio (Giovani Tozi), um ator de pouco talento e inseguro, pois percebe que a mulher, por quem é desesperadamente apaixonado, lhe escapa a cada instante. Botando mais lenha na fogueira, surge a Repórter (Mariana Melgaço), uma profissional de índole duvidosa, pouco informada, mas que adora disseminar fofocas e fake news dos famosos.

Serviço

AS ATRIZES

Duração: 75 minutos
Classificação: 10 anos
Teatro OPUS (751 lugares)
Avenida das Nações Unidas, 4777 – Alto de Pinheiros
Shopping Villa-Lobos / 4º andar
www.teatroopus.com.br

Bilheteria: de terça a domingo, das 12h às 20h. Formas de pagamento: Amex, Aura, Diners, dinheiro, Hipercard, Mastercard, Visa e Visa Electron.
Estacionamento do Shopping: R$ 16 até 3 horas. Acesso para cadeirantes.

Sexta e sábado às 21h | Domingo às 20h

Ingressos especiais “Prêmio Cleyde Yáconis”: R$ 20

*Não haverá apresentação dia 07 de julho, domingo*

**Sessão para convidados: dia 08 de julho, segunda, às 21h**

Estreia dia 05 de julho de 2019
Temporada: até 11 de agosto